Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Justiça não decreta lockdown, mas proíbe som ao vivo em bares e restaurantes a partir de sexta-feira (12), em todo o Maranhão

11 de fevereiro de 2021 : 11:15

Foi realizada nesta quinta-feira (11), a audiência de conciliação entre o juiz Dougla de Melo Martins, defensores públicos, membros do Ministério Público e empresários. Na oportunidade ficou decidido que não vai ser decretado lockdown, mas música ao vivo está proibido em todos os bares e restaurantes do Maranhão a partir de sexta-feira (12) até o próximo dia 18 de fevereiro.

Na decisão que será proferida ainda nesta quinta-feira (11), o juiz Douglas de Melo Martins proibirá todos os sons ao vivo, seja eletrônico através de DJ ou através de bandas ou apresentações com voz e violão.

A intenção é diminuir o fluxo de pessoas em bares e restaurantes durante os próximos dias e que não ocorra um carnaval nos estabelecimentos de entretenimento.

De acordo com o acordo firmado na reunião, uma nova avaliação será feita no dia 18 de fevereiro para decidir pela extensão do prazo ou suspensão da medida.

O bar ou restaurante que for flagrado descomprimido a regra terá o alvará de funcionamento cassado e o estabelecimento será interditado, alem de ser punido com pagamento de multa.

7 comentários em “Justiça não decreta lockdown, mas proíbe som ao vivo em bares e restaurantes a partir de sexta-feira (12), em todo o Maranhão”

  1. Risalva Maria Barbosa Lima

    2 semanas atrás  

    As luminárias são maravilhosas, excelente iluminação

  2. Gustavo Lopes

    2 semanas atrás  

    Muita covardia

  3. Cabeto

    2 semanas atrás  

    kkkkkkkkkkkkk ou seja medida de engodo porque fiscalização não tem de jeito nenhum

  4. Augusto

    2 semanas atrás  

    Deveriam da Lockdouw nos dias de carnaval, tem muita balada clandestina, sem alvará fazendo festa, basta ir no Maiobão e vila Sarney Filho II e cidade operária.

  5. Nunes

    2 semanas atrás  

    Epa, cidade operária só tem gente caseira e que não gosta de zuada..kkk

  6. 2 semanas atrás  

    Deveria ter uma fiscalização mais rigorosa nessas beira de praia da zona rural de São José de Ribamar, as praia ficam distante da zona urbana é lá que o bicho pega, tem uma praia chamada de Guarapiranga que é todo fim de semana os bares lotados e outra o som automotivo pelas alturas e ninguém toma uma providência lá rola de tudo quem não fuma acende. E outra é o refugio da zona urbana….todos dessem pra lá….

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>