Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Eduardo Braide anuncia o secretário da Pessoa com Deficiência

13 de janeiro de 2021 : 21:09

O prefeito Eduardo Braide anunciou, nesta quarta-feira (13), o coordenador do Fórum Maranhense de Entidades de Pessoas com Deficiência e Patologia, Carlivan Braga, como o titular da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência.

“Estamos fortalecendo a nossa gestão com a Secretaria da Pessoa com Deficiência. Mais que a concretização do que está em nosso programa de governo, essa secretaria representa o nosso compromisso em fazer de São Luís uma cidade verdadeiramente inclusiva”, reforçou o prefeito. 

Perfil do secretário

Carlivan Braga tem 31 anos. Pessoa com deficiência, é hoje o coordenador do Fórum Maranhense de Entidades de Pessoas com Deficiência e Patologia; e conselheiro estadual dos Direitos das Pessoas com Deficiência. Foi membro do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência; coordenou o Fórum Metropolitano das Entidades de Pessoas com Deficiência e Patologia; além de ter sido conselheiro do Conselho Municipal de Saúde de São Luís.

3 comentários em “Eduardo Braide anuncia o secretário da Pessoa com Deficiência”

  1. Vilson higgs

    6 dias atrás  

    Um passo importante na caminhada visando a dignidade da pessoa com deficiência esperamos continuarmos nesta caminhada fazendo valer o nosso lema nada sobre nós sem nós

  2. Carlos Oliveira

    6 dias atrás  

    Pessoa com Deficiência, não!
    Se considerar essas pessoas assim já começa mal.
    Pessoa com necessidades especiais, somente.

  3. Helena

    6 dias atrás  

    Queria saber com a assessoria de imprensa do gov. Braide, se ñ é possível rever o acordo feito entre a gestão passada e o consórcio da pseudolicitação, que ninguém acredita na lisura, do transporte público porque retiram nosso crédito de transporte porque alegam que ficam muito tempo sem uso, eu ñ viajo todo dia de ônibus pego-o de vez em quando, e anteontem foi retirado 370 reais se créditos de passagem, reclamei e a resposta foi que fez parte do contrato da gestão de Holanda com o consórcio de empresa. A prefeitura devolverá para o servidor o dinheiro que desconta no contracheque já que a passagem não sai de graça para o servidor?

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>