Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Pesquisa aponta Eduardo Braide com 45,2% contra 13,8% de Duarte e 9,7% de Neto

4 de outubro de 2020 : 12:00

O Instituto Prever realizou a terceira rodada de pesquisa de intenção de votos para avaliar o atual cenário eleitoral de São Luís. É a primeira pesquisa que traz atualizações, após as convenções partidárias, a desistência de Adriano Sarney e o debate da Tv Band/Tv UFMA. O último levantamento também contou com a presença de Wellington do Curso, Adriano Sarney e Detinha, os quais juntos tinham 14,2%. Nesse novo levantamento, Eduardo Braide chega a 45,2%, seguido por Duarte com 13,8% e os demais pontuando abaixo dos dois dígitos.

No quesito espontâneo, quando não são apresentados candidatos ao eleitor entrevistado, Eduardo Braide é o mais lembrado com 27,3%, seguido por Duarte Júnior com 9,4%. Em seguida aparecem Neto Evangelista com 4,4%; Bira do Pindaré 1,8%; Rubens Júnior 1,5%; Jeisael 1,3%; Madeira 0,8%; Silvio Antônio 0,5%; Ygésio Moyses 0,2%; Professor Franklin 0,2% e Hertz Dias 0,1%. Nesse quesito, 8,1% pretendem votar em branco ou anular, não sabem ou não responderam representam 44,4%.

No cenário estimulado quando são apresentados todos os candidatos ao entrevistado eleitor, Eduardo Braide aparece com 45,2% da intenção dos votos, seguido por Duarte com 13,8%. Neto Evangelista pontua com 9,7%; Bira do Pindaré 4,9%; Rubens Júnior 2,7%; Jeisael 1,8%; Madeira 1,7%; Silvio Antônio 0,7%; Yglesio Moyses 0,6%; Professor Franklin 0,3% e Hertz Dias com 0,2%. Brancos e nulos somam 6,6% e não sabem ou não responderam 11,8%.

Comparando com as pesquisas anteriores, Eduardo Braide oscilou 4% positivo, pulando de 41% para 45,2%, oscilando acima da margem de erro que é de 3% para mais ou para menos. Duarte pulou de 11,4% para 13,8%; Neto Evangelista saiu de 7,9% e agora tem 9,7%; Bira tinha 4,6% e agora tem 4,9%; Rubens tinha 1,5% e agora 2,7%; Jeisael tinha 2,2% e agora 1,8%; Carlos Madeira caiu de 3,1% para 1,7%; Silvio Antônio não estava na pesquisa anterior e agora tem 0,7%; Yglesio tinha 0,8% agora 0,6%; Professor Franklin tinha 0,1% e agora 0,3% e Hertz Dias que não pontuou agora tem 0,2%.

Com a saída de Adriano Sarney, Bira do Pindaré passou a ser mais rejeitado com 11,6% seguido por Duarte com 8,9% e Eduardo Braide com 8,5%. Jeisael tem 7,8%; Neto Evangelista 6,2%; Silvio Antônio 4,2%; Madeira 4,2%; Hertz Dias 3,8%; Rubens Jr 2,9%; Professor Franklin 2,3%; Yglesio Moyses 1,8%. Nenhum é rejeitado 22,4%. Não sabem ou não responderam 15,4%.

A pesquisa do Instituto Prever realizou 1011 entrevistas entre os dias 30 de setembro e 3 de outubro, possuindo margem de erro de 3% para mais ou para menos e o índice de confiança é de 95%. O plano amostral consta de quotas proporcionais existentes em São Luís-MA de acordo com as variáveis, Sexo, Faixa Etária e escolaridade referenciadas na base de dados do mês de junho de 2020 do TSE. O registro no TSE: MA-02136/2020.

7 comentários em “Pesquisa aponta Eduardo Braide com 45,2% contra 13,8% de Duarte e 9,7% de Neto”

  1. Francion Ferreira

    2 meses atrás  

    Neto Evangelista e Rubens Júnior não ganharão um voto sequer dos servidores do Detran, devido ao massacre que estes vêm sofrendo com a gestão desastrosa e desumana perpetrada pela aliada de Flávio Dino, a diretora geral – PDT/MA. Agora, inclusive, o servidor do Detran está à beira de perder o auxílio-alimentação nas férias e demais afastamentos, algo concedido e mantido em todos os governos anteriores ao de Flávio Dino. Trata-se de um ato extremamente cruel, pois retira tal benefício em um momento no qual o servidor está mais vulnerável e hipossuficiente, sobretudo durante a licença para tratamento de saúde. Uma MONSTRUOSIDADE! Além disso, os servidores do Detran estão com seus salários congelados há 7 (sete) anos. E mais, a diretora geral, indicada pelo PC do B, está tentando renovar o contrato de TERCEIRIZAÇÃO ILEGAL até DEZEMBRO de 2023, prejudicando, assim, centenas de aprovados no último concurso, os quais aguardam nomeação. Servidor público do Detran e aprovados no último concurso, bem como seus familiares, parentes e amigos, não votarão em nenhum candidato do PDT, PC do B nem naqueles apoiados por Flávio Dino.
    Certamente, os servidores municipais também não votarão em um candidato cujo partido e maior aliado (Flávio Dino – Governador do Maranhão) não valorizam servidor público e, pior, retiram-lhe direitos já adquiridos.
    http://www.sinsdetranma.com

  2. Wall

    2 meses atrás  

    Aí com certeza o Duarte não segura pra ir ao segundo turno , pois não tem proposta e muito menos postura de um prefeito

  3. Lima

    2 meses atrás  

    Vai dar Braide e neto podem apostar

  4. Bruno

    2 meses atrás  

    Vai ser Braide no 1° turno

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>