Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

PSL de São Luís precisa esclarecer mudança no comando do diretório municipal

15 de setembro de 2020 : 10:03

O PSL de São Luís pode se envolver em uma verdadeira confusão. No dia 28 de maio de 2020, o presidente do PSL no Maranhão, Francisco de Assis Maciel Carvalho destituiu Fábio Marques Carvalho do cargo de presidente do PSL de São Luís e decidiu nomear Lorena Veruska Sousa Melo Macedo como presidente, ela é esposa do deputado estadual Fábio Macedo. O documento foi amplamente divulgado e tem a assinatura do próprio vereador Chico Carvalho.

Acontece, que após Lorena Macedo declarar apoio a Duarte Júnior (Republicanos), na última sexta-feira (4), a imprensa apresentou novos documentos atestando que Fábio Marques Carvalho é o presidente do PSL de São Luís, desde o dia 18 de janeiro de 2019.

Esse documento diz Fábio Carvalho é presidente desde 18 de janeiro de 2019

 

Em outro documento assinado por Chico Carvalho, Fábio Carvalho é destituído da presidência no dia 28 de maio de 2020

O documento está protocolado no site do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão e agora isso pode ser objeto de questionamentos, afinal é preciso explicar como Fábio Marques foi destituído no dia 28 de maio de 2020 do cargo de presidente e agora ele aparece como presidente do PSL de São Luís, desde janeiro de 2019.

Outro fato importante a ser considerado é que as páginas oficiais do PSL nacional e do PSL Maranhão publicaram a nomeação de Lorena Macedo como presidente municipal do PSL de São Luís, o que deixa claro e evidente que existe algo de errado no partido.

O jornalista Raimundo Garrone chegou a publicar que o apoio da presidente do PSL de São Luís, Lorena Macedo, a Duarte Júnior trata-se de uma FAKE NEWS, pois ela não seria mais a comandante do partido na capital. No entanto, a matéria pode acabar envolvendo Chico Carvalho e o comando do PSL em um grande problema, uma vez que eles terão que explicar o que aconteceu com toda essa movimentação de documentos publicados e registrados no site do TRE, os quais mostram datas divergentes e retroativa. Assim como vão ter que justificar as publicações nas redes sociais do PSL.

Se existe uma mentira, essa partiu do PSL que enganou os seus filiados, eleitores e a própria Lorena Macedo ao anuncia-la como presidente do diretório municipal de São Luís.

O presidente do PSL no Maranhão, Chico Carvalho, esclarece que o documento trata-se apenas de uma resolução interna do partido e acabou sendo anulada, voltando Fábio Carvalho a presidência do partido.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>