Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Após repercussão negativa, governo do Maranhão cancela assinaturas da revista Carta Capital

3 de setembro de 2020 : 08:06

Folha do Maranhão

Depois de grande repercussão negativa, o Governo do Maranhão através da Secretaria de Estado de Educação – SEDUC, resolveram cancelar o contrato de aquisição de exemplares da revista da Carta Capital a serem distribuídos aos alunos da rede estadual de ensino.

Divulgado no último dia 28 pelo site Folha do Maranhão, o contrato previa à aquisição de 1.472 assinaturas, com o valor unitário de R$ 456,45. Chegando ao valor total de R$ 671.984,40.

Em levantamento feito pelo Folha do Maranhão, mostra que em abril do ano passado, outro contrato no valor de R$ 600.576,00 já havia sido pago com dispensa de licitação, feito entre o Governo do Maranhão e a Editora Confiança, responsável pela revista Carta Capital.

O caso ganhou grande repercussão na mídia nacional, desgastando a mais ainda a gestão de Flávio Dino. Hoje, após cinco dias sem resposta, o governo resolveu divulgar uma nota no qual afirma que o contrato será cancelado.

Na nota, o governo afirma que o presente contrato foi firmado no momento em que se existia uma perspectiva de retorno as aulas, como no momento não existe nenhuma previsão de retorno, o contrato encontra-se em processo de revogação.

Um comentário em “Após repercussão negativa, governo do Maranhão cancela assinaturas da revista Carta Capital”

  1. FRANCISCA ARAUJO

    2 meses atrás  

    Lamentável, que num Estado onde grande parte das escolas precisam do minimo para funcionar o governador comunista gast ed o dinheiro do povo pra fazer propaganda pessoal…deve ser processado por improbidade

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>