Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Pedetistas e comunistas já tem convicção que Duarte é favorito para chegar ao 2º turno contra Braide

1 de julho de 2020 : 16:24
Neto e Rubens buscam apoios partidários para tentar superar Duarte Júnior

Faltando menos de um mês para o inicio das convenções partidárias com vistas as eleições municipais, pedetistas e comunistas já tem a convicção que Duarte Júnior (Republicanos), é o favorito para chegar ao segundo turno contra Eduardo Braide (Podemos). Tanto que apoiadores e os próprios, Rubens Pereira Júnior (PCdoB) e Neto Evangelista (DEM), tem feito um esforço hercúleo para garantir em seus palanques, partidos que possam garantir volume às suas futuras candidaturas e quem sabe tenham mais competitividade na corrida eleitoral.

Pedetistas e comunistas tem sido unanimes, ao avaliar que Duarte Júnior é o que apresenta as melhores condições no momento para polarizar com Eduardo Braide, e para reverter isso, eles vem buscando alternativas para tentar fragilizar o deputado estadual. Inicialmente ataques foram disparados e devem ser retomados, mas também buscam engrossamento de suas fileiras com aliados dispostos a marchar unidos na corrida eleitoral.

Duarte Júnior segue em segundo lugar e com amplo favoritismo para chegar ao segundo turno contra Braide

Uma das saídas encontradas é a busca de apoio de partidos, ainda que não tenham sintonia ideológica, para garantir robustez e tempo de televisão.

Até o momento, Rubens Júnior tem em seu palanque os Progressistas de André Fufuca, Cidadania de Eliziane Gama, PMB de Márcio Coutinho e DC de Carioca do Povo. A coalizão tem pouco apelo popular e mesmo com apoio da senadora, a aliança não é tão empolgante, ainda mostra incoerência uma vez que comunistas trocam críticas com os progressistas no plano nacional e PMB e DC, historicamente estiveram na base de Roseana Sarney.

Para alavancar a candidatura de Rubens, o PCdoB vem pressionando, tanto no âmbito local e nacional o PT, para que declare apoio ao projeto comunista. Os petistas dariam tempo de televisão, a garantia do uso da imagem de Lula e até mesmo repasse de fundo eleitoral, e em troca receberia a vaga de vice-prefeito.

Já Neto Evangelista com apoio declarado do PDT e um encaminhado acerto com o PTB de Pedro Lucas Fernandes, ainda busca o MDB, o que garantiria uma robustez no palanque, um maior número de candidatos a vereadores e claro tempo de televisão. Mesmo com a presença de Roseana Sarney, João Alberto, Edison Lobão e outros nomes no MDB, o partido é objeto de desejo dos pedetistas e democratas, uma negociação que não é muito difícil, uma vez que Weverton Rocha e Juscelino Filho dialogam muito bem com os emedebistas.

Vale lembrar que os comunistas e pedetistas já desenvolveram outras estratégias para barrar a pré-candidatura ou até mesmo o crescimento de Duarte Júnior.

Rubens Júnior chegou a tentar convencer o deputado estadual abrir mão da pré-candidatura; o PROS que seria um aliado certo de Rubens, abriu espaço para a pré-candidatura de Yglesio Moyses; ex-funcionários do Procon migraram para SECID e estranhamento, logo em seguida, denúncias passaram ser disparadas contra Duarte e até mesmo a formação de um bloco parlamentar para tentar desestabilizar Duarte Júnior foi estruturado no parlamento estadual.

Mesmo assim, Duarte Júnior prossegue cristalizado em segundo lugar.

E com o passar do tempo, comunistas e pedetistas começam a passar por um enfretamento natural. Vale lembrar que na corrida pré-eleitoral, comunistas e pedetistas chegaram a ensaiar uma candidatura em conjunto, repetindo o que ocorreu em 2012 e 2016 na disputa de São Luís, porém não vingou e agora os próprios podem passar por um processo de enfraquecimento de ambos os lados.

É natural que o Palácio dos Leões e PCdoB forcem em favor de Rubens Júnior, o que leva um esvaziamento da candidatura de Neto Evangelista. Do outro lado, PDT que está na Prefeitura de São Luís, desde 1988, não quer perder esse poder, acaba medindo forças com os comunistas.

Nesse confronto, Rubens leva mais vantagem por ter o partido do governador e por largar com percentuais mínimos, o que torna natural qualquer crescimento.

Para alguns que transitam nos dois lados, leia-se pré-candidatos a vereadores e comissionados do dois Palácios, a saída é optar por ficar neutro e aguardar o desenrolar dos fatos. E muitos não descartam acabar a eleição tendo que optar entre Duarte Júnior ou Eduardo Braide no segundo turno.

5 comentários em “Pedetistas e comunistas já tem convicção que Duarte é favorito para chegar ao 2º turno contra Braide”

  1. Carlos Alberto

    1 mês atrás  

    Sua analise foi perfeita sobre o cenário das eleições municipais. Mesmo assim vou com Yglesio.

  2. Tô de olho

    1 mês atrás  

    Serio mesmo?!?!?

    Kkkkkkk as eleições estão abertas. Ñ vejo apenas Duarte com chances de ir para o sehundo turno. Outra, caso ele vá para o segundo pode anotar. Braide prefeito ate porque Duarte ñ é um político agregador e sim desagregador isso é fato.

  3. Rafael lima

    1 mês atrás  

    A população acordou! Não quer mais filho de político como prefeito, queremos quem é do povo. Tipo o Duarte jr

  4. Rafael lima

    1 mês atrás  

    A população acordou! Não quer mais filho de político como prefeito, queremos quem é do povo, a exemplo de Duarte jr

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>