Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Timonense, do Projeto Atletas de Futuro, atuará no time principal do SESI de São Paulo

24 de junho de 2020 : 09:04

A frase resume o novo ciclo da carreira do jovem timonense, Vinicius Silva, de apenas 20 anos de idade, que passa a integrar o elenco principal do voleibol do SESI, de São Paulo, clube pelo qual atuava nas categorias de bases. Revelado pelo Projeto Atletas de Futuro, executado pela Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer de Timon, Vinícius agora vislumbra o novo caminho na promissora trajetória rumo ao sucesso. Os passos, ou melhor, as braçadas certeiras, aliadas ao apoio dos que apostaram em seu talento, tornaram o jovem promessa no esporte e assim, brilhar pelas quadras do mundo a fora.

Esse é exatamente o sonho e a nova meta de Vinícius, que comemorou a condição de atleta profissional, que considera como o caminho que abrirá portas para uma nova história.

“Fiquei muito feliz com essa conquista. É uma temporada que promete para nós. Vamos contar com Marcelo Negrão que tem uma experiência absurda e vou procurar absorver as coisas boas para ajudar o time. Agora tenho oportunidade de mostrar o potencial e o que posso fazer em quadra. Quero evoluir esse ano, dando orgulho para minha família e meus amigos”, conta o atleta.

Para Vinícius Silva compor o time do SESI – comandado pelo técnico Marcelo Negrão, medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992, que também deixa a categoria sub-19 como treinador, para assumir o elenco profissional, foram muitas sacadas dentro e fora de quadra.

A primeira delas foi o momento em que William Vieira, então técnico do time de voleibol do Projeto Atletas de Futuro, percebeu o potencial de Vinícius. Aliado a essa descoberta, o apoio do poder público municipal foi fundamental para o timonense chegar ao alto nível do voleibol.

“O Projeto Atletas de Futuro ajudou totalmente nessa conquista. O professor Wiliam me procurou, quando eu tinha 15 anos de idade. Entrei para o vôlei e o projeto me proporcionou tudo que um atleta precisa como quadra, bola, rede, viagens e ajuda. O Lucélio Mendes, que era o secretário de esportes na época, ajudou no que foi preciso para chegarmos até a aqui. Muito obrigado ao Lucélio e ao prefeito Luciano Leitoa por nos ajudar”, relembra o atleta.

O técnico Wiliam Vieira, que deixou a família em Timon, para seguir em busca do sonho do atleta em São Paulo, também considera que projetos como o Atletas do Futuro, que tem cunho social, educacional e de revelação de talentos são importantes para jovens e adolescentes, sobretudo, para os mais carentes como é o caso de Vinicius Silva.

“O projeto social oportuniza muitos jovens por meio do esporte. A trajetória do Vinícius começou no Projeto Atletas do Futuro, em 2015, quando constatei que tinha potencial para integrar o alto nível. Fizemos a preparação física, psicológica, técnica e tática para que ele chegasse a grandes centros do voleibol nacional. Antes de fazer parte do SESI ele foi para a seleção de base, onde teve a preparação para o Sul-Americano. Agora ele deve aproveitar essa oportunidade ímpar de compor um dos melhores times do Brasil que é o SESI”, disse o técnico.

O SESI, referência nas categorias de base do voleibol brasileiro, resolveu usar os atletas para compor o elenco principal nas temporadas de 2020/21.

 “Com a crise provocada pelo Coronavírus e a saída de atletas de renome nacional, o SESI deu oportunidade aos jovens atletas da base. O Murilo Endres, duas vezes campeão mundial, é o mais experiente que permanece no time. Ele irá liderar esse jovem elenco do SESI na Superliga e no Campeonato Paulista, duas das mais difíceis competições do Brasil”, explica Wiliam Vieira.

 

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>