Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

OAB oferece testagem de Covid-19 a Advocacia Maranhense neste fim de semana

25 de junho de 2020 : 15:48

A pandemia do Coronavírus tem atingido cada vez mais pessoas pelo mundo. Por ter os sintomas muito parecidos com os de uma gripe normal, muitos pacientes acabam buscando os serviços médico de forma desnecessária.

Nesse meio tempo, entre a descoberta da doença e a tentativa de controle da situação, foram desenvolvidos alguns métodos de testagem para facilitar o diagnóstico dos pacientes portadores do vírus responsável pela COVID-19. Por ser uma doença nova e não possuir muitas informações a respeito de vacinas, testes 100% eficazes e cura, a melhor maneira de não contrair a doença é a prevenção e a testagem em massa da população.

Estudos científicos recentes apontam que até 60% das transmissões do COVID-19 ocorrem através de assintomáticos. Pesquisadores defendem que a realização de testes em larga escala para encontrar e isolar casos assintomáticos é uma estratégia vital para conter a propagação da doença.

Segundo o estudo publicado pela Folha, uma em cada cinco cidades do país ainda tem crescimento acelerado de casos novos de Covid-19. Em apenas 3% a disseminação da doença começa a regredir. Entre as 27 capitais, 20 têm visto o número de novos registros aumentar com velocidade.

Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde, a região da Grande São Luís (São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa) possui até esta quarta-feira (23) quase 14 mil casos (13.936) de pacientes infectados pelo novo coronavírus, causador da Covid-19. Atualmente, são quase 300 bairros da ilha com casos da doença. Disparadamente, as regiões que mais concentram casos são o Turu, Cidade Operária e Renascença.

Preocupada com a preservação da saúde da classe e, por conseguinte com a proteção de toda a sociedade maranhense, e já se preparando para a retomada das atividades da advocacia, a OAB Maranhão, a partir do dia 27/06, dará início a um amplo programa de testagem para Covid-19 da advocacia maranhense, que será iniciado por São Luís e percorrerá as 17 Subseções da Seccional.

O Programa de Testagem da Ordem tem por objetivo atingir aos menos 30% da classe. Para isso, a OAB Maranhão adquiriu testes rápidos da Covid-19 que serão disponibilizados pelo valor de R$ 50,00 (cinquenta reais) para a advocacia maranhense, sendo gratuito para aqueles advogados e advogadas que não tiverem condições.

Do total de testes, metade será disponibilizada para as advogadas e advogados de São Luís e a outra metade para a advocacia do interior, já com início dos trabalhos de testagem na capital, nos dias 27 e 28 de junho.
Para fazer a testagem gratuitamente bastará que o profissional demonstre, dentro de um prazo de 48 horas antes da testagem, que não pode pagar pelo teste. Para isso, a OAB Maranhão está disponibilizando um cadastro prévio em seu site.

Estará sendo disponibilizados testes da Covid-19 para dois dependentes de cada profissional. No caso dos dependentes, será cobrado o valor de R$ 120,00 (cento e vinte reais) por cada teste. Esse é o preço de custo do teste adquiro pela OAB. O valor arrecadado será revertido para a aquisição de novos testes para a advocacia.

O sistema adotado para o Programa de Testagem da Advocacia será por meio de Drive Thru, modelo bastante utilizado para evitar aglomeração, que na capital ocorrerá na sede da Seccional. As advogadas e advogados contarão ainda com orientações médicas e toda uma equipe de enfermagem no suporte.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>