Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Júnior Lourenço pede licença e Paulo Marinho Júnior permanecerá como deputado federal

24 de junho de 2020 : 15:58

O deputado federal Júnior Lourenço (PL), entrou de licença médica nesta quarta-feira (24), para tratar um problema ortopédico no joelho. Em decorrência desse pedido, Paulo Marinho Júnior (PL), seguirá no exercício do mandato, ele já estava exercendo o cargo no lugar de Josimar de Maranhãozinho (PL), que estava de licença até terça-feira (23).

Paulo Marinho é o primeiro suplente da chapa que elegeu Josimar de Maranhãozinho, Júnior Lourenço, André Fufuca, Marreca Filho e Gil Cutrim.

Para assumir a função de deputado federal, ele teve que renunciar ao cargo de vice-prefeito de Caxias, porém ele está livre para concorrer novamente ao posto ou até mesmo de prefeito.

Além de Paulo Marinho Júnior, outro suplente que está no exercício da função é Gastão Vieira (PROS), que se manteve no cargo, após um pedido de licença por motivos particulares de Rubens Pereira Júnior (PCdoB), que estava Secretário das Cidades.

Quem também já assumiu o mandato por um período foi o suplente Dr Elizabeth Gonçalo, que esteve por quatro meses em substituição de Cléber Verde que tirou licença.

Dos deputados federais eleitos em 2018, três devem disputar a eleição municipal, e curiosamente em São Luís. Eduardo Braide (Podemos), Rubens Júnior (PCdoB) e Bira do Pindaré (PSB), vão concorrer ao cargo. Em caso de vitória de um deles, os possíveis beneficiados são: Josivaldo JP do Podemos, primeiro suplente de Braide e Simplício Araújo do SDD, primeiro suplente de Rubens e Bira.

 

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>