Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

“O Ciro decidiu que quer o voto de quem odeia o PT. Que vá com Deus”, dispara Lula

22 de maio de 2020 : 08:01

UOL

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) descartou parcerias com Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT) nas próximas eleições e disse que cada um tocará o seu projeto. Em fala reproduzida em seu perfil no Twitter, na noite de hoje, Lula afirmou que ambos optaram por escolher seu próprio caminho naquilo que definiu como a “reconquista da democracia”.

“A Marina escolheu outro caminho. Que Deus a abençoe. O Ciro decidiu que quer o voto de quem odeia o PT. Que vá com Deus. Se for possível construir um projeto pra reconquistar a democracia, tamo junto. Mas na eleição cada um vai tocar seu projeto”, disse o petista.

Em entrevistas, Ciro Gomes já adiantou que não fará campanhas ao lado de Lula por representar uma coisa muito diferente do chamado “lulopetismo”.

A fala de Lula já coloca por fim, o plano do governador Flávio Dino (PCdoB), que pede união da esquerda. Com Lula, Ciro e Marina em palanque distintos já começa a ser construído o mesmo cenário de 2018, quando Haddad, Ciro, Marina e Boulos disputaram a eleição.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>