Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Vereadores anunciam greve de fome por conta das perversidades do secretário Antônio Araújo

4 de fevereiro de 2020 : 10:42

O vereador Sá Marques (Podemos), anunciou nesta terça-feira (4), que estará iniciando na próxima quinta-feira (6), uma greve de fome por conta das perversidades que o secretário Antônio  Araújo está praticando contra a população de São Luís. Durante o discurso, o parlamentar ainda fez graves acusações. Na oportunidade, a vereadora Fátima Araújo (PCdoB), também disse para acompanhá-lo e logo em seguida Cézar Bombeiro (PSD).

De acordo com Sá Marques, Antônio Araújo “não é homem e deveria honrar a cueca que veste”, além disso o vereador anunciou que o titular da Semosp está praticando irregularidades como mandar fazer ranhuras no asfalto para poder passar uma nova camada por cima de onde já há pavimentação, enquanto outros bairros que nunca receberam pavimentação.

Sá Marques ainda declarou que um pedreiro estaria fazendo um melhor serviço no comando da Semosp do que Antônio Araújo que diz ser formado em engenharia.

O vereador denunciou também que Antônio Araújo está praticando crime de improbidade administrativa ao está asfaltando o Parque Jair que não faz parte da cidade de São Luís.

Por fim na tribuna da Câmara Municipal, Sá Marques revelou que Antônio Araújo teria declarado à imprensa que deseja a morte do vereador.

As mentiras de Antônio Araújo

Além de incompetente, Antônio Araújo tem fama de ser mentiroso. No comando da Semosp desde 2014, ele vem prometendo aos moradores do Parque Pindorama e Parque dos Nobres o asfalto no bairro que está intransitável, porém nunca o asfalto chegou.

Antônio Araujo mente de forma contumaz e sem mais ter o que inventar chega a transferir a responsabilidade do asfalto para o prefeito Edivaldo Holanda Júnior e até mesmo a secretária de Comunicação, Conceição Castro.

Está mais do que na hora do prefeito Edivaldo Holanda Júnior que está vivendo um bom momento, extirpar da sua gestão aqueles que não tem competência e caráter, caso de Antônio Araújo.

 

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>