Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Senador carioca bate-boca com João Alberto durante sessão do Conselho de Ética

8 de agosto de 2017 : 19:34

A sessão do Conselho de Ética do Senado desta terça-feira (8), que arquivou uma denúncia contra seis senadoras da oposição, começou com bate-boca entre os senador Lindbergh Farias (PT) e João Alberto (PMDB), presidente do colegiado.

A sessão havia sido convocada para a escolha do relator da denúncia do senador José Medeiros (PSD-MT) contra as senadoras Fátima Bezerra (PT-RN), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Vanessa Grazziotin (PC do B-AM), Regina Sousa (PT-PI), Lídice da Mata (PSB-BA) e Ângela Portela (PDT-RR).

O tumulto começou no momento em que o presidente do conselho, João Alberto (PMDB-MA), anunciava as regras para escolha do relator. Lindbergh Farias (PT-RJ), então, tomou a palavra e disse que sessão era “ridícula” e uma “palhaçada”.

A denúncia foi movida por José Medeiros contra as senadoras em razão de elas terem, no dia 11 de julho, ocupado a Mesa do Senado para protestar contra a votação da reforma trabalhista. Com isso, a votação atrasou em mais de seis horas. Por 12 votos a 2, o Conselho de Ética arquivou a denúncia nesta terça.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>