Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Edilázio aponta arrogância de Flávio e sugere que governador tem traumas da infância

1 de agosto de 2017 : 12:49

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) utilizou o tempo do pequeno expediente na sessão de reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, para apontar arrogância do governador Flávio Dino (PCdoB) contra prefeitos do interior do estado.

Ele lembrou do caso emblemático envolvendo Dino e a ex-prefeita Maura Jorge, em Lago da Pedra – quando o governador não permitiu que a então prefeita utilizasse o microfone num evento público e destacou a reação contra Dino, nesta semana, do prefeito de Trizidela do Vale, Fred Maia, durante uma reunião com o ministro da Saúde, Ricardo Barros na sede da Fiema.

“O governador Flávio Dino deve ter sofrido algum trauma de infância com microfone, e carrega isso em sua vida adulta. Se já não bastasse o que ele havia feito com a ex-deputada e ex-prefeita Maura Jorge, no último mês, na Marcha Para Jesus, em Imperatriz, junto ao pastor Raimundo Nonato, ele mais uma vez tomou o microfone à força do pastor”, disse.

O caso relatado por Edilázio foi abordado pela imprensa de todo o estado, no início de julho. O pastor, na ocasião, afirmou durante o evento que o governador havia pego o microfone sem autorização, e público de imediato reagiu.

“Eram mais de 5 mil evangélicos. O governador tomou uma grande vaia”, disse.

Edilázio afirmou que depois dos episódios, o prefeito Fred Maia resolveu externar a sua insatisfação com a postura de Dino, ao ministro da Saúde.

“Quero aqui destacar as palavras do prefeito de Trizidela do Vale: ‘quando o evento é do governador, prefeito entra mudo e sai calado, porque quem só fica com o microfone na mão é ele’”, disse e completou. “Depois das palavras de Fred Maia, mais de 50 prefeitos e mais de 100 secretários de saúde que ali estavam, aplaudiram, numa demonstração de que todos concordam que o governador Flávio Dino age de forma autoritária e ditatorial”.

“Que o governador procure um psicólogo e trate essa fobia dele em relação ao microfone”, finalizou.

Um comentário em “Edilázio aponta arrogância de Flávio e sugere que governador tem traumas da infância”

  1. Americo de Sousa Azevedo

    5 anos atrás  

    E COM RELAÇÃO AOS EMPRÉSTIMOS FRAUDULENTOS FEITOS À SOGRINHA DESEMBARGADORA , VAIS FALAR ALGUMA COISA, DEPUTADO VENDEDOR DE SAPATO??

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>