Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Eliziane Gama será a candidata ao Senado com o apoio da Assembleia de Deus

26 de junho de 2017 : 11:57

O presidente da Assembleia de Deus no Maranhão, o pastor Pedro Aldi, revelou que a deputada federal Eliziane Gama (PPS), será a candidata ao Senado com o apoio da Igreja. De acordo com o líder religioso, a decisão foi tomada na semana passada, após uma roda de conversa com a parlamentar e vários membros da congregação religiosa. Assim como a candidata ao Senado, os evangélicos vão ter candidatos prioritários para deputado estadual e federal.

Com a definição da Assembleia de Deus, Eliziane Gama diz que ganhou um novo gás para a disputa. “Vou iniciar uma campanha mais firme para o Senado”, declarou a deputada federal.

Pedro Aldi no entanto lembrou que existe um compromisso de Eliziane Gama para com os pré-candidatos a deputado estadual e federal da Assembleia Deus. “Ainda não existem nomes definidos, acredito que iremos decidir através de prévias, mas o projeto do Senado Federal está vinculado ao deputado estadual e federal”, revelou.

O líder religioso ainda informou que não há decisão sobre o nome para o governo, mas que a Assembleia de Deus tende ficar ao lado dos governadores que estão no cargo, porém não garante apoio a reeleição de Flávio Dino. O assunto precisa ser conversado internamente.

Com essa decisão, Eliziane Gama vai ganhando força e seu projeto rumo ao Senado vem sendo solidificado…

 

2 comentários em “Eliziane Gama será a candidata ao Senado com o apoio da Assembleia de Deus”

  1. Maria

    5 anos atrás  

    O que mais me entristece é que muitos líderes religiosos negociam os votos de seus fiéis como se eles não fossem capaz de escolher em quem dá seu voto. Minha irmã por ser de uma igreja não tem vontade própria o pastor chega no púlpito e anuncia o candidato e diz pra eles votarem porque outros não os representarão

    • Arlindo Salazar

      5 anos atrás  

      Se Elisiane fechar com dois candidatos da Assembléia ( Estadual e Federal) ela perderá a eleição, porque outros candidstos em bases diferentes deixam de apoia-la.
      Se querem ela eleita ao Senado, deixa-na livre para buscar apoio de outros deputados.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>