Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

STF determina a volta do goleiro Bruno para prisão

25 de abril de 2017 : 15:53

A Primeira Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu, por três votos a um, revogar a decisão liminar que há pouco mais de dois meses deu a liberdade ao goleiro do Boa Esporte Clube (MG) Bruno Fernandes de Souza, 32.

Os ministros julgaram a medida na tarde desta terça-feira (25) e determinaram o retorno imediato do jogador de futebol à prisão. Bruno foi condenado a 22 anos e três meses de prisão em março de 2013, por homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>