Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Roseana Sarney envia documento ao STF provando que está estudando nos EUA

13 de março de 2015 : 17:53

No inicio desta semana, o Supremo Tribunal Federal anunciou a autorização de diligências da Polícia Federal para investigar a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB). Porém ela não se encontra no país. Para provar o fato, a escola de idiomas Inlingua, localizada em Miami, na Flórida encaminhou ao STF no dia 9 de março, um documento informando que a peemedebista está inscrita num curso intensivo de inglês, com carga horária de 15 horas semanais, até o dia 13 de abril deste ano.

A declaração de matrícula foi enviada a pedido da ex-governadora Roseana. Isso foi feito com intenção de justificar a Justiça o fato de ela estar fora do Brasil.

Em tradução do documento é dito: “A quem possa interessar, informamos que a senhora Roseane (sic) Murad foi matriculada em nossa TL2 FTL Inlingua Language School para assistir a aulas por 3 meses no campus Aventura, na Flórida, Estados Unidos”. O documento enviado a justiça brasileira ainda é recheado de elogios à dedicação da filha do ex-presidente José Sarney. “Temos satisfação em observar sua dedicação e a melhoria da fluência da conversação, como relatado por seu professor ao longo do curso”, completa.

justificativaroseanasarney

Roseana Sarney não é vista em pública desde o dia 10 de dezembro de 2014, quando renunciou ao mandato de governadora do Maranhão. No entanto, o seu marido Jorge Murad esteve em São Luís entre os dias 17 e 27 de fevereiro deste ano. Durante sua rápida passagem pela capital maranhense, ele manteve contato com familiares e alguns políticos ligados à ex-governadora.

 

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>