Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

André Fufuca defende programa de conscientização nas escolas sobre o transtorno autista

26 de abril de 2014 : 11:00

O deputado André Fufuca (PEN) apresentou projeto de lei propondo a criação do programa de conscientização sobre o transtorno autista na rede pública e privada de educação do Maranhão. Ele pede que seja reservada, no mínimo, duas vagas por turma para esses alunos.

De acordo com o projeto, as escolas ficam obrigadas a incluírem em seu ensino regular crianças ou adolescentes portadores do Transtorno do Espectro Autista, com a reserva de no mínimo, duas vagas por turma. Também devem manter, em caráter permanente, nos murais internos de sala de aula, corredores e pátios, material gráfico informativo dos sintomas do autismo.

As reclamações de pais e familiares, na recusa de matrícula para alunos com transtorno do Espectro do Autista nas escolas poderão ser feitas diretamente com a Secretaria de Estado da Educação que ficará responsável pela fiscalização do cumprimento das normas. De acordo com o Art.5º os estabelecimentos privados citados nessa lei, no caso de seu descumprimento, suportarão multa de 8 salários mínimos vigente a cada reincidência.

SÍNDROME

O autismo é uma síndrome neurológica que acomete 1% da população ou 2.000.000 (dois milhões) de Brasileiros. Na população pediátrica a prevalência é de 1 para cada 50 nascimentos.

“Levando-se em consideração esses dados percebemos que é fundamental a criação de um programa de conscientização na rede pública e privada de educação sobre o autismo, como também a garantia de vagas aos portadores desse tipo de transtorno nas salas de aula como forma de garantir constitucionalmente o direito de todos à educação e, é por isso, que peço aos meus pares a aprovação desta importante proposição legislativa”.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>