Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Decisão sobre resultado final da eleição do PT no Maranhão é mais uma vez adiada

27 de janeiro de 2014 : 18:02

Parece não ter fim, a novela que envolve o PT e seu Processo de Eleição Direta (PED), realizado em novembro do ano passado. Nas urnas, a vitória ficou com o atual presidente Raimundo Monteiro, porém o grupo opositor, liderado pelo deputado estadual Zé Carlos, moveu uma ação e tenta levar o seu candidato, Henrique Sousa, para o segundo turno.

Na reunião da executiva nacional realizada em São Paulo, o comando petista decidiu adiar para fevereiro a definição sobre o comando do PT no Maranhão. Isto ocorreu, pois a maior parte dos membros não tinham recebido o relatório da Comissão Eleitoral do Maranhão a tempo para analisar e emitir um posicionamento.

Participaram do encontro, o presidente Monteiro, o presidente do diretório municipal, Fernando Silva; o vereador Honorato Fernandes; a  militante Berenice; o ex-vereador Kléber Gomes e o candidato derrotado nas urnas, Henrique Sousa.

Para Monteiro não existe nenhum receio de que a executiva nacional não tome uma decisão favorável ao seu grupo, uma vez “que a democracia está em primeiro lugar no PT” e aproveitou para reafirmar que o PT vai seguir sua aliança no Maranhão com o PMDB, seguindo o ritmo do que já vem dando certo no estado.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>