Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Em três meses, Flávio Dino foi o único que caiu nas pesquisas, Luís Fernando e Hilton Gonçalo foram os que mais cresceram

30 de dezembro de 2013 : 09:41
Sem dúvida, Flávio Dino (PCdoB) é o favorito na corrida eleitoral para governador do Maranhão, porém é notório a queda da preferência no comunista perante os eleitores. Comparando os números divulgados do Instituto Conceito dos meses de setembro e dezembro, o presidente da Embratur caiu 2,7%, isso representa praticamente a margem de erro que é de 3%, mas chama atenção que Flávio fecha com o menor índice já obtido em pesquisas eleitorais.
Luís Fernando parece ter embalado sua
candidatura

A pesquisa já soou muito positiva para Luís Fernando (PMDB), que em três meses subiu 4,5%, ou seja, já está fora da margem de erro, desta forma existe um crescimento real na candidatura governista, os 20,5% divulgados no domingo (29) foram muitos comemorados pelos aliados.

Quem pode comemorar também é Hilton Gonçalo, que pulou de 5% para 6,2% e está empatado com a deputada estadual Eliziane Gama. Tanto o ex-prefeito como a deputada estadual, apresentaram evolução em seus números, porém ainda discretos. A presidente do PPS saiu de 6,5% para 7%. Os dois que chegaram a idealizar a Via Alternativa Popular, podem começar a fazer a leitura que se unirem podem ter mais chances de chegar ao segundo turno, mas essa discussão fica para outro momento.
Diante dos números apresentas, este jornalista preparou um rápido calculo e simulou o que pode acontecer na próxima pesquisa, caso o ritmo de crescimento e perda de eleitorado de cada um dos candidatos se mantenha.
Hilton Gonçalo pode surpreender, caso se consolide sua candidatura
Em março, Flávio Dino poderia chegar ao limite da vantagem necessária para vencer no primeiro turno, 50,83%, Luís Fernando chegaria a surpreendentemente marca de 26,26%, Hilton Gonçalo ultrapassaria Eliziane Gama, o ex-prefeito teria 7,6% e a deputada estadual 7,5%, o que manteria os dois empatados tecnicamente.

É muito difícil afirmar que isso vá acontecer e nem estou querendo fazer uma previsão, porém de acordo com os números apresentados este é o cenário que pode vir a ocorrer, vale a pena os postulantes ao cargo de governador ficarem atento, que agora só restam 10 meses e muita coisa pode mudar ou simplesmente permanecer do jeito que está.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>