Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Weverton Rocha termina a eleição com seu grupo político em frangalhos e com futuro ameaçado

3 de outubro de 2022 : 08:45

Weverton Rocha (PDT) foi um dos políticos mais arrojados nos últimos anos no Maranhão. Construiu um império de comunicação, obteve vitórias importantes, chegou ao Senado, mas em 2022 tomou um revés ao se opor a aquele que sempre lhe deu sustentação, o senador eleito Flávio Dino (PSB). O resultado, não poderia ter sido pior, o pedetista acabou com uma derrota acachapante e seu grupo político em frangalhos.

Muito mais que ter terminado em terceiro lugar na disputa pelo Governo do Maranhão com pouco mais de 20%, Weverton viu aliados importantes não conseguindo a reeleição como é o caso de Roberto Rocha (PTB) para senador, Gil Cutrim (Republicanos) para deputado federal e Ciro Neto (PDT) para deputado estadual. Outros que tentaram a eleição nem passaram perto da vitória, caso de Fábio Câmara, Luciano Leitoa, Lobão Filho, Paulo Marinho Júnior e muitos outros.

Weverton terá que repensar seu rumo político, afinal em 2026, terá que renovar seu mandato a senador ou buscar outro cargo e pelo processo natural, Carlos Brandão atual governador deve concorrer ao Senado, restando uma vaga em disputa.

“Meu preto” como gostava de ser intitulado vai ter ainda a concorrência de Eliziane Gama (Cidadania), que chegou a fazer parte do seu grupo político, mas saiu na hora certa, prevendo a derrota.

O foguete de Weverton Rocha pode até não ter dado ré como ele sempre afirmou, mas acabou “explodindo” e deixando “chamuscado” todo grupo dos que acompanharam o pedetista.

2 comentários em “Weverton Rocha termina a eleição com seu grupo político em frangalhos e com futuro ameaçado”

  1. Jaci

    2 meses atrás  

    E, agora, meu preto???????
    Olha o resultado da rejeição elevadíssima.
    O foguete não decolou!!

  2. helena

    2 meses atrás  

    Kkkkk. Eu jamais deu ou darei um voto a Weverton Rocha, pois ele reúne o que tem de pior na política. Esse rapaz enriqueceu de forma meteórica num país onde milhões lutam para ter o básico na mesa.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>