Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

‘Me chame Donana Jansen’ é lançado pela TV Assembleia e está disponível no Youtube em celebração aos 410 anos de São Luís

10 de setembro de 2022 : 15:49

O documentário ‘Me chame Donana Jansen’ estreou de forma simultânea na TV Assembleia (canal aberto digital 9.2, da MAXX TV, no canal 17, e pela Sky, no canal 309) e no canal da emissora no Youtube, na quinta-feira (8 de setembro), às 20h. O especial marca a celebração pelo aniversário de 410 anos de fundação de São Luís.

A direção-geral e a idealização do especial são assinadas pelo diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa, jornalista Edwin Jinkings, que destacou a exibição feita de forma sincrônica.

“O documentário é uma celebração a São Luís e essa estreia simultânea, pela TV Assembleia e Youtube, foi pensada para que o especial ‘Me chame Donana Jansen’ e a história dessa personagem lendária da nossa cidade alcancem o maior número de pessoas possível”, ressaltou Edwin Jinkings.

Após a estreia na noite de quinta-feira (8), o documentário ‘Me chame Donana Jansen’ terá reapresentações na programação da TV Assembleia e ficará disponível no canal da emissora no Youtube.

Pesquisa

O documentário resgata a trajetória de uma das personagens mais emblemáticas da história da cidade: Ana Joaquina Jansen Pereira. Traz pesquisa aprofundada, visita endereços e logradouros ligados à história de Ana Jansen, relembra causos que marcaram sua trajetória e reúne entrevistas com descendentes da personagem e pesquisadores.

Dona de posicionamentos firmes e opiniões vanguardistas, Ana Jansen marcou seu tempo também por atitudes pouco condizentes para uma mulher de sua época. Sua força e influência foram tantas que a matriarca figura entre as lendas de São Luís, segundo a qual até hoje vagueia nas madrugadas das sextas-feiras em sua carruagem fazendo assombração pelas históricas ruas de São Luís.

O roteiro é da jornalista Márcia Carvalho, com entrevistas da Elda Borges e Márcia Carvalho, e produção de Ananda Fontenele e Natália Coutinho. As imagens são assinadas por Fábio Lima e a edição e pós-edição, por Leoti.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>