Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Lençóis Maranhenses aparece entre os principais destinos turísticos procurados no Brasil

4 de setembro de 2022 : 09:48

Pesquisa da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), em parceria com a Sprint Dados, mostra que os Lençóis Maranhenses ocupam o terceiro lugar na categoria destinos mais vendidos das operadoras de turismo neste segundo semestre do ano. A análise contempla a busca com destino aos principais aeroportos nacionais e internacionais. O levantamento foi feito no período entre abril e junho deste ano para viagens a serem realizadas entre os meses de julho e setembro.

Os dados do Boletim Braztoa 2º Trimestre 2022 foram divulgados no último dia 25 e evidenciam que, em relação a viagens nacionais comercializadas no segundo trimestre, 40,4% foram para embarque no mesmo período das vendas, 27,3% para o terceiro trimestre, 21% para os três últimos meses de 2022 e 11,4% acontecerão somente em 2023.

Muito embora a lista de passagens aéreas marcadas seja encabeçada por Maceió, Natal e São Paulo, o resultado geral aponta para o Nordeste como a região com mais destinos procurados pelos viajantes nesta época. No ranking dos sete locais mais procurados, estão quatro capitais nordestinas e os Lençóis Maranhenses (MA).

“Planejamento, estratégia e parcerias; assim vemos o turismo do Maranhão voar ainda mais alto e despontar como destino desejado nacionalmente e internacionalmente”, declarou o secretário de Turismo do Maranhão, Paulo Matos, sobre os dados da pesquisa.

Ele ressaltou que na próxima segunda-feira (5), o Governo do Maranhão e a Azul Linhas Aéreas darão início aos voos comerciais no aeroporto de Barreirinhas. O novo voo diário irá ligar os litorais dos estados do Maranhão (Barreirinhas e São Luís), Piauí (Parnaíba) e Ceará (Aracati e Jericoacoara), destinos aéreos pertencentes à Rota das Emoções.

Viagens internacionais

O Boletim Braztoa 2º Trimestre 2022 também mostra que apenas 12 pontos percentuais separam a procura por viagens nacionais e internacionais. Em relação aos embarques internacionais, 31,3% aconteceram no próprio segundo trimestre, 30% ficaram para o período entre julho e setembro, 19,4% para o quarto trimestre, e 18,7% se realizarão em 2023, o que demonstra que as vendas para viagens quase imediatas continuam com força. A pesquisa ressalta que a procura de passagens com antecedência começa a recuperar seu espaço, principalmente pela busca de melhores preços, possibilidade de parcelamento e confiança na credibilidade e entrega das operadoras.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>