Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Defesa Civil e Alumar fazem segundo treinamento conjunto do Plano de Atendimento à Emergência

25 de setembro de 2022 : 11:35

Na manhã de quinta-feira (22/9), a Alumar, as Defesas Civis do estado e do município e o Corpo de Bombeiros do Estado do Maranhão realizaram o segundo simulado de mesa (Tabletop) conjunto para a execução do Plano de Atendimento à Emergência (PAE), sem atividade operacional. Os participantes, face à uma situação hipotética, discutem a melhor maneira de enfrentá-la com a participação de todos, além de identificar melhorias na implementação do atendimento.

Participaram do simulado, também, representantes da Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Maranhão (SEMA), Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMAM), Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (SEMCAS), SAMU, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Maranhão e Centro de Controle de Zoonoses.

O treinamento conjunto entre empresas e órgãos governamentais se tornaram mais frequentes após alterações na legislação federal e estadual sobre segurança de barragens, a partir de 2020. Uma das mudanças na nova legislação é o envolvimento de representantes da sociedade civil nos simulados.

Para o diretor da Alumar, Helder Teixeira, o treinamento é de extrema importância e está conectado ao principal valor da Alumar, que é cuidar das pessoas.

“Além de ser uma ação preventiva e de treinamento para efetivação de protocolos, este simulado coloca todos os sistemas e agentes de segurança da Alumar em relação e coordenação estreita com os órgãos públicos e sociedade, criando, assim, uma integração de todos em caso de qualquer emergência”, disse o diretor.

Fernando Fernandes, representante da Defesa Civil do Estado do Maranhão, avaliou positivamente a ação. “O simulado promovido pela Alumar com o envolvimento dos agentes sociais está sendo fundamental para este tipo de emergência. É muito importante cada um saber o seu lugar e os processos de atendimento durante uma emergência. Treinamento difícil, combate fácil”, concluiu. O engenheiro técnico da Defesa Civil municipal, Davi Moraes, disse que o simulado funcional deu a oportunidade de um aprendizado geral. “Inclusive, é tão preciso e técnico, que poderemos usar essa experiência em situações semelhantes”.

Ainda, o Supervisor de Emergência Ambiental da SEMA, Caco Graça, disse que, “como protocolo de segurança, a Alumar cumpre a legislação e isto é muito importante. Esperamos das empresas desse porte o mesmo empenho”.

Os simulados deverão ter seu auge em novembro próximo, com a realização de um simulado de campo coordenado pela Defesa Civil. Na ocasião, será simulada uma situação de evacuação de segurança e testada a capacidade de atuação coordenada entre os representantes das empresas, dos bombeiros, da Defesa Civil, das polícias e dos
demais participantes do evento.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>