Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

PSC apresenta melhores chances para candidatos a deputado estadual

21 de agosto de 2022 : 08:04

Blog do Linhares

Dadas as condições eleitorais, o Partido Social Cristão (PSC) é um dos partidos que garante as melhores condições para os candidatos buscarem um mandato para deputado estadual. Articulada para garantir até aos candidatos menos experientes uma chance no pleito, o partido trabalha com a chance de eleger até três estaduais. Com a crescente chance de ida ao segundo turno do candidato Lahesio Bonfim, e uma possível vitória, até mesmo a suplência no partido pode assegurar um mandato posteriormente.

DISPUTA ABERTA

Hoje os principais postulantes ao cargo de deputado estadual são o administrador de empresas Fernando Braide, o deputado Wellington doCurso, o ex-secretário de Saúde Ricardo Murad e o ex-secretário municipal Junior Vieira. Pelas estimativas dos comandos de campanha dos quatro, é possível que eles alcancem, juntos, cerca de 140 mil votos.

A marca iria assegurar duas vagas. Os demais candidatos do partido teriam que assegurar, dessa forma, a votação para uma terceira vaga.

Entre nos nomes mais fortes na legenda estão a Drª Sonia Souza, Soldado Leite e Coronel Pereira. Nas eleições de 2018, os três alcançaram juntos mais de 20 mil votos. Caso repitam, ou aumentem, a votação e tenham o desempenho igualado apenas por outros nove candidatos, o partido assegura uma terceira vaga.

Além dos candidatos experientes, o PSC também contará com dois coletivos que podem surpreender. São eles o Coletivo Brasil Mais Maranhão e Coletivo Maranhão com Bolsonaro. Os integrantes destes coletivos acreditam que podem assegurar até 20 mil votos cada.

Há ainda a expectativa de candidatos que disputam sua primeira eleição e podem surpreender. Caso de Mário do Turismo, Pastor Daniel Vieira.

SUPLÊNCIA E LEGENDA

A direção estadual trabalha com, pelo menos, 15 mil votos na legenda pelo candidato Lahesio Bonfim. Fenômeno nas pesquisas, a cada dia é mais plausível o fato de que Bonfim esteja no segundo turno das eleições e que tenha chances reais de vitória.

Em um possível governo Bonfim, é dado como certo que dos nomes que hoje disputam a segunda e terceira vaga, todos sejam convidados a assumir uma secretaria no governo.

Isso faria abriria a possibilidade para que até três suplentes assumissem o cargo no governo.

Neste aspecto, uma votação entre 5 mil e 10 mil votos pode garantir o mandato.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>