Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Pesquisa Escutec aponta Brandão com 27%, Weverton 22% e Lahesio com 16%

7 de julho de 2022 : 17:33

Imirante

O Instituto Escutec traz novos números da corrida eleitoral pelo governo do Maranhão. Os dados apontam para estabilidade entre os pré-candidatos em comparação a pesquisa do mês de junho.

A pesquisa Escutec/Imirante, que tem registro com o número MA 01386/2022, ouviu 2 mil eleitores nos dias 2 a 7 de julho em 70 municípios. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2,19% para mais ou para menos.

No cenário estimulado, Carlos Brandão (PSB) se manteve com 27% mesmo após passar quase 50 dias fora do Maranhão devido a problemas de saúde. Ele é seguido por Weverton Rocha (PDT) que vem com 22%. Lahesio Bonfim (PSC), aparece com 16%, Edivaldo Júnior (PSD) ficou com 11%. Simplício Araújo (SD) tem 2%, Ernilton Rodrigues (PSOL) ficou com 1% que é o mesmo percentual de Hertz Dias (PSTU).

Os dados deste cenário estimulado é praticamente o mesmo da pesquisa do mês de junho. Brandão tinha 27% em junho e continua agora. Weverton Rocha caiu 1%. No mês passado, ele tinha 23%, mas considerando a margem de erro, ele se manteve estabilizado.

Lahesio Bonfim tinha 15% em junho e agora subiu um ponto. Edivaldo Júnior se mantém com o mesmo percentual. O mesmo ocorrer com Simplício Araújo, Hertz Dias e Ernilton Rodrigues na relação das duas últimas pesquisas.

Segundo turno

A pesquisa Escutec/Imirante trouxe também os cenários de segundo turno. Entre os quadros de disputa entre os pré-candidatos tem o da disputa direta entre Carlos Brandão e Weverton Rocha.

Neste cenário, Brandão aparece com 34% e Weverton com 33%.

Se a disputa fosse entre Brandão e Lahesio, o governador venceria com 39% contra 27% de Lahesio Bonfim. E no confronto com Edivaldo Júnior, Carlos Brandão venceria com 39% e o ex-prefeito de São Luís com 22%.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>