Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Festival Maranhense da Cachaça começa nesta quinta-feira (28)

28 de julho de 2022 : 10:54

Capacitação, negócios, gastronomia, cultura e entretenimento, tudo em um só evento: o Festival Maranhense da Cachaça. Apontada como uma das maiores feiras do Norte e Nordeste voltada para a cadeia produtiva da cachaça de alambique e da tiquira, a edição acontecerá de 28 a 30 de julho, no Multicenter Negócios e Eventos, em São Luís.

Durante três dias, os visitantes poderão participar gratuitamente de palestras, capacitações sobre produção, blends e vendas de cachaça, gim e tiquira, e, ainda, aulas com experiências gastronômicas como o planejamento de cardápio com prática Quibe & Chips e Tábua de bolinho delícia de peixe com molho especial (SESI/MA).

O evento, que começará na quinta-feira (28) ás 19h também terá programação vespertina na sexta e sábado, 29 e 30, a partir das 14h e se estenderá até 01h com grandes shows como Mastruz com Leite, Mesa de Bar, Fernando e Franco, Lucas Seabra, Pandha e Tom Cleber.

O Festival é uma iniciativa do Instituto Ecobio, que tem como presidente Anderson Galdino, e do SindiBebidas, presidido por Jorge Fortes, e conta com dezenas de expositores de todo o estado.

Para o Anderson Galdino (Ecobio), a proposta é aproveitar o potencial da cachaça e fortalecer a cadeia produtiva no Maranhão. “Não só a cachaça, mas as bebidas maranhenses como água, cerveja, refrigerante que também estarão em exposição. Há alguns anos pensamos nesse espaço co-participativo e organizamos uma vasta programação, assim os visitantes conhecerão as marcas locais, as atratividades turísticas, culturais e gastronômicas que o Estado tem a oferecer”, destacou Galdino.

MADE IN MARANHÃO

Atualmente, o Maranhão conta com 450 alambiques que produzem quase 3 milhões de litros por ano. Mesmo com uma produção significativa, menos de 20 marcas são registradas, segundo o Sindicato das Indústrias de Bebidas, Refrigerantes, Água Mineral e Aguardente do Maranhão (SindiBebidas).

O Festival Maranhense da Cachaça, Cultura e Sabores almeja despertar nos produtores a necessidade da formalização, além de fortalecer a produção para distribuição no mercado interno e externo.

O presidente do SindiBebidas, Jorge Fortes, destaca a oportunidade dos produtores locais para ampliação das vendas e conhecimento de fornecedores de outras regiões. “Estão vindo representantes de empresas produtoras de equipamentos, vidrarias e embalagens que são vendidas em outros estados. A gente espera também que se amplie a pauta comercial, as vendas dos fabricantes e que haja um maior conhecimento da sociedade em geral desses produtos produzidos no Maranhão”, finalizou Fortes.

A programação completa e a inscrição estão disponíveis no site www.festivaldacachacama.com.br.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>