Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Dalton Arruda discute com G-30, melhorias para o segmento da vaquejada no Maranhão

25 de julho de 2022 : 11:47

Sancionada desde 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro, a vaquejada é um dos esportes que mais geram emprego e renda no Maranhão. Pensando nisso, o pré-candidato a deputado estadual Dalton Arruda, esteve reunido no último sábado (23), com o G-30 no Haras J Lucena no município de São José de Ribamar.

O G-30 é um grupo de amigos que atua na vaquejada e que decidiram se organizar para fortalecer o esporte no Maranhão. Dalton Arruda que é um incentivador e competidor através do seu Haras, o Arrudão, avaliou que é preciso ter uma união para garantir uma melhor organização.

Na avaliação de Dalton Arruda, “vaquejada não é só festa, mas renda e emprego aos maranhenses. Pois envolve diversos profissionais, o veterinário, o peão, a pessoa que vende comida e bebida, ou seja, tem muita gente envolvida. É dinheiro circulando”, avalia.

Dalton lembra que a vaquejada ainda mexe com o imaginário dos maranhenses, ele lembra que quando criança, quando morava em Vitorino Freire, ele esperava o ano todo a vaquejada da cidade e quando ela chegava, ele ficava admirando os animais, o trabalho e a competição.

Na avaliação de Dalton Arruda, a categoria precisa de um apoio para garantir maior visibilidade e melhor organização no estado.

De acordo com a lei, a vaquejada é uma expressão esportiva-cultural pertencente ao patrimônio cultural brasileiro de natureza imaterial, sendo atividades intrinsecamente ligadas à vida, à identidade, à ação e à memória de grupos formadores da sociedade brasileira.

Haras Arrudão – Dalton Arruda além de ser um incentivador é atuante no esporte. Ele possui dois competidores no Circuito Nacional de Vaquejada, o Renan e Renato Tobias.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>