Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Othelino recebe Medalha do Mérito ‘Celso Magalhães’ do Ministério Público

10 de dezembro de 2021 : 09:07

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), foi condecorado com a Medalha do Mérito do Ministério Público ‘Celso Magalhães’, a maior honraria concedida pelo órgão. A homenagem foi entregue pelo procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau, durante sessão solene, nesta quinta-feira (9), como parte da programação do 11º Congresso Estadual do Ministério Público do Maranhão.

A Medalha do Mérito Celso Magalhães é entregue a magistrados e personalidades por merecimento em razão da prática de atos ou serviços relevantes em favor do Ministério Público e da sociedade maranhense.

A homenagem ao deputado Othelino, acatada por unanimidade pelo Colégio de Procuradores de Justiça do Estado, é um reconhecimento pela aprovação, na Assembleia Legislativa, do projeto de lei do Poder Executivo, que garante bonificação aos profissionais da área de saúde que atuam no combate à pandemia da Covid-19.

“Considero a honraria um reconhecimento não só a mim, mas também ao trabalho do Poder Legislativo do Maranhão, bem como à relação de harmonia, respeito e independência que sempre mantivemos com os demais Poderes e órgãos constitucionais. Por isso, estendo essa homenagem a todos os outros deputados”, disse o chefe do Parlamento Estadual.

Na solenidade, o procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau, destacou a importância da honraria que enaltece as boas práticas em prol dos maranhenses. “O Ministério Público homenageia todos os anos as pessoas que trabalham pelo bem-estar do povo do Maranhão e o deputado Othelino sempre atuou em benefício da população. Por essa razão, o reconhecimento foi unânime, uma vez que todos os 31 procuradores de Justiça do Estado manifestaram-se favoráveis à entrega da medalha para ele”, enfatizou.

Mais homenageados

Além do presidente da Assembleia Legislativa, também foram homenageados o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Lourival Serejo; o professor Mauro Gurgel Rocha e a ativista ambiental Denise Maia Albuquerque.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>