Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Simplicio Araújo traz nova dinâmica para o debate político da sucessão de Flávio Dino

30 de outubro de 2021 : 19:51

O que a princípio pareceu um voo solo improvável, a pré candidatura de Simplicio Araújo, começa a pautar a cena política no processo sucessório do governador Flavio Dino.

Simplicio é o único pré candidato que tem uma proposta clara para o estado nos próximos anos, ele tem repetido como um mantra que quer um “Maranhão com mais emprego, mais crescimento econômico e mais justiça social”. Tem dado entrevistas com informações sobre a atual situação e como pretende gerar empregos e renda para o Maranhão nos próximos anos, respeitando e enaltecendo o que fora construído pelo Governador Flavio Dino.

“Flavio Dino inseriu sob a proteção do governo estadual mais de 1 milhão de maranhenses que não tinham escolas dignas, que precisavam se humilhar por saúde em outros estados, que nesses dias difíceis se alimentam numa rede pública de restaurantes ou recebem cestas básicas, vale gás, vale Combustiveis, pessoas que não conseguiriam ter dignidade nestas crises econômica e sanitária que agora jamais sairão da esfera do governo estadual, independente de quem seja o governador”, diz Simplício Araújo.

Somado a isso o Secretário e pré candidato a governador diz que “a única saída para o maranhão e para o Brasil é pela iniciativa privada, os municípios e estados não tem mais como gerar riquezas e empregos. A maioria dos atuais prefeitos tem deixado um rombo no comércio com atraso de pagamentos, eles também não tem mais capacidade de empregar, pois qualquer prefeito ou mesmo o governo do estado, se quiser empregar 200 pessoas, tem que desempregar outras 200” ele tem listado os milhares de empregos que a iniciativa privada gerou nos últimos anos no Maranhão “como os 2300 empregos que a Alumar está reabrindo em São Luis” e comparado a movimentação econômica dos poderes públicos com a da iniciativa privada no Maranhão, “hoje a iniciativa privada já movimenta o dobro do que movimenta as prefeituras e o governo do estado, a única saída é encorajar e entusiasmar a iniciativa privada como temos feito nos últimos anos, eu aposto numa política pública de geração de empregos para o Maranhão, só isso pode nos tirar do quadro de pobreza que penaliza a todos nós a vários anos”, finaliza.

Com essas propostas já é visível a mudança de postura e discurso nos demais candidatos, Simplicio Araujo pode não estar ainda liderando as pesquisas, mas constrói uma importante base para isso.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>