Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Na CPI da Covid-19 no Senado, Eliziane Gama critica atuação de aliados de Bolsonaro

1 de outubro de 2021 : 07:53

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) discursou na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID, na quinta-feira (30), contra o “gabinete do ódio”, do Palácio do Planalto. De acordo com a senadora, o grupo “ameaça à vida das pessoas”.

“Veja aqui as publicações de pessoas associadas ao gabinete do ódio… são publicações avassaladoras. Elas ameaçam de morte as pessoas. Elas questionam as pessoas. Liberdade de expressão não pode ser guarida para apologia ao crime, não pode ser guarida para violação de direitos fundamentais”, disse.

Ainda segundo a senadora, a liberdade de expressão acaba quando se coloca “em xeque a segurança do outro”.

Conhecido por “gabinete do ódio”, o grupo é formado por assessores e blogueiros bolsonaristas que usam as redes sociais para atacar adversários do presidente e espalhar notícias falsas. Carlos Bolsonaro, filho “03” do presidente Jair Bolsonaro, vereador pelo Rio (Republicanos), é apontado como chefe do grupo.

 

 

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>