Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Deputada Mical Damasceno é aclamada como representante única da Assembleia de Deus como Deputada Estadual no pleito de 2022

26 de setembro de 2021 : 10:02

Durante Sessão Convencional realizada por ocasião do Encontro de Ministros das Assembleias de Deus no estado do Maranhão, num Evento denominado EBO – Escola Bíblica de Obreiros promovido pela agremiação convencional de Ministros da Igreja Assembleia de Deus, a deputada Mical Damasceno consolidou sua Liderança entre os pastores das Assembleias de Deus no Maranhão.

Por convocação do Pr. Francisco Soares Raposo, honrado Presidente da CEADEMA – Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Estado do Maranhão, os Ministros ordenados e autorizados se reuniram para tratar de diversos assuntos de interesse da obra de Deus, sendo que a política figurava entre uma das principais pautas.

O encontro de Ministros da Assembleia de Deus começou na quarta feira, dia 22 de setembro e continuou até esta sexta-feira 24/09, reunindo cerca de mil e quinhentos pastores das mais diversas cidades e regiões do Maranhão.

Durante a sessão vespertina na sexta feira, a Deputada Mical teve seu nome aclamado como candidata única para o cargo de deputada estadual no pleito de 2022 a ser apoiado pela CEADEMA – Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Estado do Maranhão, o que representa o apoio de quase 2 mil pastores espalhados nos mais variados torrões do solo maranhense. A somatória de resultados profícuos, evidenciam a força e a aprovação do mandato da deputada Mical, entre o povo Assembleiano, e sobretudo consolida ela como liderança em ascenção no cenário estadual.

4 comentários em “Deputada Mical Damasceno é aclamada como representante única da Assembleia de Deus como Deputada Estadual no pleito de 2022”

  1. Helena

    4 semanas atrás  

    Eu passei anos da minha vida frequentando igrejas evangélicas, e vivi para ver política e religião se misturando numa fusão nada saudável para o evangelho de Cristo. Só tenho a lamentar.

  2. Lay frade

    4 semanas atrás  

    Essas pessoas pagarão um preço alto, por transformarem as Igrejas em picadeiros. Mas Deus não se deixa escarnecer.

  3. Pinho

    4 semanas atrás  

    Não vejo nenhum problema, em a igreja como instituição apresentar um representante, o que acho imoral é pastores, padres e líderes religiosos largarem o chamado pra serem candidatos. Todos tem direitos a terem seus representantes, desde que não haja interesses obscuros. Nada demais…!

  4. Cidadão

    4 semanas atrás  

    A Assembleia de Deus está de parabéns em ter uma legítima representante. Mical anda, se veste, fala e age como assembleiana. Está fazendo um grande mandato pra Glória de Deus. Parabéns, amiga Mical.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>