Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Socorro Waquim garante apoio a Brandão e diz estar lutando para que o MDB faça o mesmo

24 de agosto de 2021 : 08:28

A deputada estadual Socorro Waquim (MDB) reafirmou seu apoio político ao próximo governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSDB), a partir de abril de 2022, e garantiu estar lutando para que seu partido também faça o mesmo. A declaração foi feita ao programa Xeque-Mate, da rádio Mais FM, durante agenda do Governo no município de Timon, nesta segunda-feira (23).

Nas palavras de Waquim, sua decisão passou, principalmente, pelo laço de amizade, de convivência, perfil e compromisso de Brandão com o desenvolvimento do Maranhão, por meio do municipalismo. “Quando fui prefeita, tive a oportunidade de ser recebida várias vezes por ele. E quando recebida, não era eu a atendida, mas sim município de Timon que era contemplado”, lembrou.

Sobre a conjuntura partidária das eleições do próximo ano para a provável candidatura à reeleição de Carlos Brandão, a deputada garantiu que está trabalhando para que seu partido também esteja no projeto: “Se depender de mim, vou influenciar o partido para me acompanhar nessa decisão”.

A deputada disse que conversou com a presidente estadual do MDB, Roseana Sarney. Garantiu que comunicou sua decisão e deixou claro não ser infidelidade partidária o seu ato. “Não é uma indisciplina, mas uma posição de preferência político-pessoal pelos laços de vínculos que nós temos com o vice-governador Carlos Brandão. Estou na torcida para que a decisão do MDB seja convergente com essa que já tomei”, disse.

Além de Socorro Waquim, ciceronearam o vice-governador em Timon o deputado estadual Rafael Leitoa (PDT), o coronel Comandante Schnneyder – representado pela esposa – e a prefeita do município Dinair Veloso (PDT).

A agenda do vice-governador Carlos Brandão no município incluiu anuncio, vistoria e inauguração de importantes obras para o município e região.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>