Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Edilázio analisa racha como inevitável no grupo de Flávio Dino

23 de agosto de 2021 : 10:21

O deputado federal Edilázio Júnior, presidente estadual do PSD no Maranhão, avaliou como inevitável – em entrevista concedida ao programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM -, o racha no grupo governista protagonizado pelo senador Weverton Rocha (PDT) e o vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

Para Edilázio, Weverton fará oposição ao governo Carlos Brandão, a partir de abril de 2022, quando está prevista a desincompatibilização de cargo do governador Flávio Dino (PSB) para a disputa do Senado, e consequentemente, a ascensão do vice ao comando do Poder Executivo.

“Eu acredito que não tem volta a candidatura de Weverton e não tem volta a candidatura do vice-governador Carlos Brandão. E amanhã, com a candidatura do Carlos Brandão à reeleição, já que ele estará na cadeira, Weverton já será oposição. Não tem mais essa conversinha de que é do mesmo grupo e do mesmo lado. O Brandão indo para a reeleição, Weverton já é oposição”, disse.

Municípios

Edilázio também falou sobre a pré-candidatura de Edivaldo Júnior (PSD) ao Governo. Ele disse que o ex-prefeito de São Luís tem recebido lideranças políticas de várias regiões do estado semanalmente e afirmou que em breve Edivaldo vai começar a percorrer os municípios.

Ele também afirmou que pesquisas de intenções de votos mostram excelente desempenho eleitoral do ex-prefeito e assegurou que o PSD atuará como protagonista na disputa eleitoral de 2022.

2 comentários em “Edilázio analisa racha como inevitável no grupo de Flávio Dino”

  1. DUQUE

    1 ano atrás  

    NAO SERAS ESQUECIDO DEPUTADO, POR SEU POSICIONAMENTO CONTRA A MAIORIA DA POPULAÇÃO Q QUER TRANSPARENCIA NAS ELEIÇÕES

  2. moreira Barros

    1 ano atrás  

    Gostaria de saber se é verdade que o Weverton Rocha tem vários processos, sendo o primeiro quando tinha 17 anos. Por favor alguém responda. Seja qual for a resposta, eu, de antemão, já declaro que não voto nesse moço de forma alguma.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>