Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Governo do Maranhão vai desativar hospitais de campanha de São Luís e Caxias

22 de julho de 2021 : 07:35

Os Hospitais de Campanha para tratamento da covid-19 montado no Espaço Renascença em São Luís e no anexo do Hospital Gentil Filho em Caxias já possuem prazo para serem desativados. Em ofícios distribuídos pela Secretaria estadual de Saúde é informado que a partir do dia 31 de julho o da capital vai ser desmobilizado e até 13 de agosto o do leste maranhense fecha as portas.

A decisão da Secretaria estadual de Saúde de encerrar as atividades do Hospital de Campanha foi tomado nos dias 13 e 19 de julho, respectivamente e leva em conta conta o baixo fluxo de pacientes. De acordo com os documentos obtido pelo blog Diego Emir, o órgão estadual identificou uma queda vertiginosa dos casos de covid-19, por isso não há necessidade de continuar com o presente contrato.

O Hospital de Campanha de São Luís foi inaugurado no dia 31 de março no auge da crise da covid-19 no Maranhão e no país. A unidade conta com 60 leitos, sendo 10 de UTI e 500 profissionais de saúde. Ele foi montado via parceria com o Grupo Mateus e o Uniceuma.

Já a Unidade de Caxias foi inaugurada no dia 6 de abril com 18 leitos clínicos e 10 de UTI com 140 profissionais de saúde atuando no espaço.

De acordo com o apurado, os dois Hospitais de Campanha ainda possui pacientes internados, porém a Secretaria de Saúde não informou quantos e nem para onde vão ser levados, após o encerramento das atividades no dia 31 de julho.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>