Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

A quem interessa atrapalhar a instalação de uma empresa que vai gerar empregos aos maranhenses?

19 de julho de 2021 : 17:03

Nas últimas semanas vem ganhando espaço nas redes sociais um debate pobre e inócuo, mas que demonstra a pequenez e o provincianismo de alguns ludovicenses. Pessoas que nunca geraram um único emprego aos maranhenses vem protestando contra a instalação de uma réplica da estátua da Liberdade em frente a Loja da Havan que em breve será inaugurada na Avenida Daniel de La Touche em São Luís.

Os argumentos utilizados para tentar sabotar a instalação da Loja Havan em São Luís são os mais rasos possíveis. Primeiro aponta-se que a população ludovicense não foi consultada quanto a réplica da estátua da Liberdade.

Mas será que a Potiguar ao instalar o seu bonecão na unidade da Avenida Daniel de La Touche fez uma consulta a população? Óbvio que não e nem deveria. A loja que ainda leva a denominação de outros povos do nosso país, contribui tão quanto a Havan para o desenvolvimento do estado através da geração de emprego e renda, além de melhorar a arrecadação do estado com impostos e tributos.

Outro argumento utilizado é que no local que a réplica da estátua da Liberdade vai ser instalada, acaba agredindo a memória do navegante francês Daniel de La Touche, fundador da França Equinocial em São Luís em 1612. E aí cabe mais uma pergunta: que homenagem se faz aos franceses na capital maranhense?

A propósito, a estátua da Liberdade faz mais homenagem aos franceses do que qualquer outra, afinal este símbolo representa a maior democracia do mundo, uma vez que ela foi doada por franceses aos EUA como um presente após a declaração de Independência dos norte-americanos.

Por isso meu total repúdio a pessoas que nunca geraram um emprego qualquer aos maranhenses e vem com esse “mimimi” todo agora.

Que venham mais lojas Havan, Riachuelo, Smart Fit, pois tudo isso traz emprego e renda aos maranhenses. Aos críticos, sugiro um pouco de empenho para tentar transformar esse estado e não ficar divagando sobre coisas pequenas…

E fica o questionamento: A quem interessa atrapalhar a instalação de uma empresa que vai gerar empregos aos maranhenses?

9 comentários em “A quem interessa atrapalhar a instalação de uma empresa que vai gerar empregos aos maranhenses?”

  1. BELMIRO DA SILVA

    1 ano atrás  

    Se fosse a estátua de Fidel eles aplaudiam.
    Na realidade é falta do que fazer….

  2. Gerson Silva Nascimento

    1 ano atrás  

    Vergonhoso, falta do que fazer, atrofia mental! Dizer o que mais?? Inúteis!!!

  3. Caio Ferreira ambrozio

    1 ano atrás  

    Presciso muito trabalhar tenho várias experiências

  4. Reynaldo Pinto Filho

    1 ano atrás  

    Dentro do seu espaço,que é privado,a Havan coloca o que quiser,como quiser e não deve satisfação a ninguém,principalmente aos metidos em lei que na maioria das vezes, atrapalham mais do que ajudam. A cidade só tem uma porta de entrada e saída e quando aparece oportunidade desse tipo,temos é que apoiar e incentivar para que outros venham e com isso gera oportunidades a milhões desempregados.

  5. 1 ano atrás  

    Esses serão os primeiros a frequentarem a Loja…senão os primeiros da fila no dia da inauguração! Pode apostar!!!

  6. Marcos Santos

    1 ano atrás  

    Só acho que essa estátua ficaria bem melhor se fosse às margens do mar, tal qual em NY. Poderia ser na área da Ponta d´Área-Ilhinha ou na Ponta do Bonfim. Vamos esperar que Hang inaugure outra loja em SL, lá pelas bandas da Ponta d´´Areia.

  7. Rosana

    1 ano atrás  

    Os francesas não nos presentearam com uma estátua dessa, mas certamente a Havan está fazendo história. Parabéns pelo resgate histórico!

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>