Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Ação Civil Pública requer que pessoas com mais de 70 vacinadas com Coronavac sejam revacinadas

14 de junho de 2021 : 08:19

O fato anunciado no último 27 de maio por este blog, virou realidade. Uma Ação Civil Pública movida pelo deputado estadual Yglésio Moyses (sem partido), requer que idosos com mais de 70 anos vacinados com a Coronavac, sejam revacinados. O pedido se baseia na alta taxa de mortalidade de pessoas “imunizadas” com as vacinas da Sinovac/Butantan, assim como também a baixa eficácia apresentada em estudos divulgados recentemente.

Muitos são os relatos de pessoas que já estavam vacinadas com as duas doses da Coronavac e vieram a óbito. Após um estudo preliminar realizado por pesquisadores brasileiros reunidos no grupo “Vaccine Effectiveness in Brazil Against Covid-19″ (Vebra Covid-19) apontar que a efetividade média da CoronaVac foi de 42% em idosos com mais de 70 anos e 28% em idosos com mais de 80 anos.

No Uruguai, que adotou a vacinação em massa com a Coronavac e já tem mais de 60% da população teoricamente “imunizada”, já tem uma média altíssima de mortes, sendo 16 pessoas para cada 1 milhão, o Brasil atualmente tem 9 por milhão. O Chile que também apostou na Sinovac e usada em 79,8% dos mais de 60% imunizados, vive um novo drama com 98% de ocupação das UTI´s do país.

O deputado estadual Yglesio Moyses também enviou representações ao Ministério Público, Defensoria Pública Estadual e da União. Além dos idosos a partir de 70 anos, o parlamentar quer que trabalhadores da saúde a partir de 60 anos que tomaram Coronavac sejam revacinados.

No Maranhão, 551.781 doses já foram aplicadas no público superior a 70 anos…

 

Um comentário em “Ação Civil Pública requer que pessoas com mais de 70 vacinadas com Coronavac sejam revacinadas”

  1. nsdesouza

    1 ano atrás  

    Caro Diego Emir,
    Você sabe informar como e onde podem ser vacinadas as pessoas que não puderam comparecer aos postos de vacinação no dia designado para sua faixa etária? Os chamados RETARDATÁRIOS?
    Desde já Lhe agradeço a atenção a ser dispensada ao caso

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>