Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Octávio Soeiro faz alerta sobre assaltos no São Cristóvão e destaca início das ações da Prefeitura na Cidade Operária

26 de maio de 2021 : 07:43

O vereador Octávio Soeiro ocupou a tribuna nesta segunda-feira (20) para demonstrar sua preocupação com os constantes assaltos que têm acontecido na região do São Cristóvão. Ele informou que deu entrada em uma indicação onde solicita ao governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança, a  implantação de um posto policial no polo São Cristóvão, bem como a ampliação das rondas policiais.

Durante o seu pronunciamento, o vereador  afirmou que quase diariamente tem ouvido relatos de moradores da área sobre os assaltos que ocorre a qualquer hora do dia.  Octávio Soeiro, que também foi vítima de assalto naquela região,  afirmou que como representante da comunidade – que atualmente só conta com duas viaturas para cobrir a área –  vai continuar sendo voz e vez dos moradores que se sentem inseguros por causa da criminalidade.

“Falar sobre segurança pública, é falar de uma realidade muito próxima da gente. Todos sabem da dificuldade que passei, já que também fui vítima de assalto naquela região. Temos dificuldade de acompanhar diariamente os relatos de moradores sobre os assaltos que ocorrem a qualquer hora do dia. E, nós como representante da comunidade, vamos continuar sendo voz e vez dos moradores que se sentem inseguros. Precisamos dar uma resposta concreta para aquela população que sofre diariamente com a criminalidade”, finalizou.

Ponto limpo

Outro destaque de Soeiro foram as ações por uma cidade mais limpa, organizada e melhor para toda a população, com a chegada do projeto Ponto Limpo, ação executada pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana (CGLU).

De acordo com o parlamentar, o Ponto Limpo é uma ação que tem por objetivo revitalizar terrenos públicos pela cidade que são utilizados incorretamente para o descarte de resíduos sólidos, o que acaba comprometendo a paisagem urbana e se tornando foco, inclusive, para a proliferação de doenças, como aquelas causadas pelo mosquito Aedes aegypti, já que com as chuvas, ainda recorrentes a esta época do ano, muitos objetos descartados podem se tornar propícios para o acúmulo de água.

“Agradeço também pelo nosso polo São Cristóvão. As ações tiveram início pelo Ipem São Cristóvão como solicitação nossa que foi atendida pela Prefeitura de Luís, pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana, e pela Secretaria de Obras, que revitalizou espaços crônicos de descartes irregular de lixo,  e que hoje se transformou em uma área urbanisticamente agradável para que os moradores possam usufruir”, concluiu.

Prefeitura no Bairro

Em seu discurso o parlamentar também parabenizou o prefeito Eduardo Braide pelo início das ações da “Prefeitura no Bairro” na Cidade Operária. Segundo ele, com investimento estimado em R$ 4 milhões de reais, a gestão municipal passa a executar na região várias ações de infraestrutura para reurbanizar e proporcionar mais qualidade de vida aos moradores da localidade, uma das mais populosas da capital maranhense.

“Quero parabenizar a Prefeitura de São Luís, que no último final de semana deu início a uma série de ações no bairro da Cidade Operária, a implementação de mais de 700 pontos de iluminação de led, que vai ajudar na segurança pública daquela região, sinalização vertical e horizontal, podagem de árvores, que também já passou pelo polo Coroadinho”, salientou.

Encaminhamento e solução

Durante a sessão, os vereadores Paulo Victor e Concita Pinto (PCdoB) parabenizaram o colega pelo tema abordado na tribuna. O primeiro falou da disponibilidade do comandante da PM, coronel Pedro Ribeiro, em receber representantes da Casa para uma reunião visando discutir soluções para combater a insegurança.
 “Acabei de entrar em contato com o comandante Pedro Ribeiro e ele está à disposição para uma audiência com o vereador Octávio Soeiro”, avisou.

Já a vereadora Concita pediu que o secretário Jefferson Portela pudesse olhar para  a zona rural e relatou um caso de homicídio no bairro Tajaçoaba, após uma invasão de um imóvel. “Pegando o gancho do discurso do vereador Octávio Soeiro, gostaria de pedir ao secretário Jefferson Portela, para que ele olhasse para a zona rural. As casas do bairro Tajaçoaba estão sendo invadidas e no último final de semana um pai de família foi  assassinado, após ter sua casa invadida”, relatou.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>