Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Em sabatina, Duarte fala de incentivo ao esporte, cultura e turismo

24 de novembro de 2020 : 18:27

Candidato a prefeito pelo Republicanos, Duarte esteve na manhã desta terça-feira (24) sendo sabatinado pelo O Estado/Imirante, com transmissão ao vivo pela internet. A sabatina foi conduzida pela jornalista Carla Lima, com perguntas dos também jornalistas Lucas Vieira e Thiago Bastos. Todos participaram presencialmente nos estúdios do Grupo Mirante de Comunicação.

Na ocasião, o candidato destacou quais devem ser suas prioridades se for eleito, como acabar com a fila de espera por exames e consultas na saúde; transformar os terminais de integração em shoppings de serviços; e destacou também que vai divulgar São Luís para impulsionar o turismo local, além de investir em esporte como incentivo a lazer, educação e socialização.

Esporte como incentivo à educação
Mesmo elencando prioridades, Duarte garante que todas as áreas receberão investimentos, de modo a estabelecer políticas públicas transversais em que uma área possa contribuir para a melhoria da outra. Para o esporte, por exemplo, ele falou sobre colocar em prática o direito constitucional de garantir acesso ao esporte, seja profissional ou amador, como “ferramenta de ensino e aprendizagem”. Ele também comentou sobre a importância de incentivar a educação por meio do esporte, promovendo integração entre as comunidades escolar e familiar.

“Na nossa gestão, a prioridade é incentivar a educação, construindo quadras poliesportivas dentro das escolas, para que no contraturno essas quadras possam ser utilizadas pela comunidade, pelos vizinhos da escola, para que aos fins de semana aquela quadra possa ser utilizada para a realização de eventos”, explicou.

Cultura e turismo como geração de emprego e renda
O candidato tem tratado a cultura e o turismo como políticas complementares, com cada secretaria cuidando do seu papel. Ele garante que nos primeiros cem dias haverá ações imediatas para fortalecer esses setores. “Vamos divulgar mais a cidade, vamos reduzir o imposto na rede hoteleira, o ISS, de 5% para 2%, para baratear as diárias, como outras capitais fizeram.”

Duarte também propõe a elaboração de um calendário de eventos que dure de janeiro a dezembro, englobando todas as manifestações culturais, desde pequenos eventos aos de maior porte, além de profissionais, como congressos e excursões. “Criar as áreas de livre cultura e turismo. Por exemplo, a Beira-Mar não tem domicílio, é uma área onde a gente pode fazer eventos até o amanhecer. Dá pra fazer. Basta ter visão, sensibilidade, criatividade e coragem, e isso eu tenho”, garantiu.

Sobre como tornar a cidade mais atrativa e preparada para receber turistas, Duarte diz que buscará recursos para investir em saneamento básico com objetivo também de prevenção de doenças. Ele citou um dado da OMS: “De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde, 1 dólar investido em saneamento básico, há uma economia de 6 dólares no sistema de saúde”.

Disse ainda que vai estabelecer metas e mencionou a sua atuação de fiscalizador quando esteve à frente do PROCON. “Nós vamos fiscalizar. Se eu fiz no PROCON, onde eu poderia ser exonerado a qualquer momento, imagina eu prefeito de São Luís.”

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>