Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Após repercussão negativa, governo do Maranhão cancela assinaturas da revista Carta Capital

3 de setembro de 2020 : 08:06

Folha do Maranhão

Depois de grande repercussão negativa, o Governo do Maranhão através da Secretaria de Estado de Educação – SEDUC, resolveram cancelar o contrato de aquisição de exemplares da revista da Carta Capital a serem distribuídos aos alunos da rede estadual de ensino.

Divulgado no último dia 28 pelo site Folha do Maranhão, o contrato previa à aquisição de 1.472 assinaturas, com o valor unitário de R$ 456,45. Chegando ao valor total de R$ 671.984,40.

Em levantamento feito pelo Folha do Maranhão, mostra que em abril do ano passado, outro contrato no valor de R$ 600.576,00 já havia sido pago com dispensa de licitação, feito entre o Governo do Maranhão e a Editora Confiança, responsável pela revista Carta Capital.

O caso ganhou grande repercussão na mídia nacional, desgastando a mais ainda a gestão de Flávio Dino. Hoje, após cinco dias sem resposta, o governo resolveu divulgar uma nota no qual afirma que o contrato será cancelado.

Na nota, o governo afirma que o presente contrato foi firmado no momento em que se existia uma perspectiva de retorno as aulas, como no momento não existe nenhuma previsão de retorno, o contrato encontra-se em processo de revogação.

Um comentário em “Após repercussão negativa, governo do Maranhão cancela assinaturas da revista Carta Capital”

  1. FRANCISCA ARAUJO

    11 meses atrás  

    Lamentável, que num Estado onde grande parte das escolas precisam do minimo para funcionar o governador comunista gast ed o dinheiro do povo pra fazer propaganda pessoal…deve ser processado por improbidade

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>