Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

41 sindicatos vão ser desalojados pelo Governo do Maranhão em São Luís

22 de julho de 2020 : 16:32

Os sindicatos sediados na Casa do Trabalhador estão sendo ameaçados de serem despejados pelo Governo do Estado. Pelo menos essa é a informação que Douglas Cunha, presidente do Sindicato de Jornalistas do Maranhão tem divulgado.

Através de oficio assinado pela titular da SEGEP, Flávia Alexandrina Coelho Almeida Moreira, foi dado o prazo de trinta dias para que todos os sindicatos desocupem o prédio para que o mesmo seja submetido a reforma. Ao que se sabe as 41 entidades estão, na verdade, é sendo desalojadas para dar lugar a outras. O governo não ofereceu qualquer opção aos trabalhadores. Alguns sindicatos já enfrentam sérios problemas e não tem como alugar algum imóvel para se instalar.

A SEGEP argumenta a precariedade do prédio com base em laudo do Corpo de Bombeiros. Estes problemas existem no andar superior que era ocupado pela Secretaria de Estado da Saúde e que não cuidou para manutenção para sua preservação. Aquele prédio já foi submetido a reforma, pela própria Secretaria de Saúde sem que tenha sido necessária a sua desocupação.

Os sindicatos vão solicitar uma audiência com a secretária Flávia Alexandrina para buscar uma solução para o problema.

2 comentários em “41 sindicatos vão ser desalojados pelo Governo do Maranhão em São Luís”

  1. Silva

    3 meses atrás  

    Melhor legado do governo do estado. Esses sindicatos são todos pelegos. Não representam em nada os trabalhadores.

  2. Jacir

    3 meses atrás  

    Os representantes desses sindicatos fizeram campanha declarada pra esse governo é por isso não têm argumentos e nem dão pressão para que os direitos trabalhistas sejam cumpridos.
    O SINTSEP é um exemplo da subserviência ao governo. Os servidores estão há mais de 6 anos sem reajuste salarial, a Ação dos 21,7% tá engavetada no TJ e a URV, foi enterrada.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>