Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Percentual de endividados em São Luís chega a 69%, o maior percentual desde 2017

14 de janeiro de 2020 : 09:23

O percentual de consumidores de São Luís com algum tipo de dívida alcançou 69,8% em dezembro de 2019, o maior desde agosto de 2017. De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA), esse resultado representa um aumento de 5,9% em relação ao mês anterior e uma elevação de 17,3% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O estudo revelou ainda que o número de consumidores que afirmaram possuir dívidas em atraso, ou seja, encontram-se na situação de inadimplentes, alcançou 28,4% dos ludovicenses, indicando uma queda mensal de 5,6%, e avanço de 8 pontos percentuais em relação ao índice registrado em dezembro de 2018. Além disso, as famílias que afirmaram não ter condições de quitar suas dívidas chegou a 8,6% do total de endividados.

Tipos de dívida

Dentre os principais tipos de dívida contraídos com maior impacto sobre o nível de endividamento, o cartão de crédito permanece como destaque alcançando 69,0% das famílias, seguido dos carnês (15,2%), cheque especial (10,1%), crédito pessoal (5,3%) e cheque pré-datado (5,0%).

O tempo médio de atraso para o pagamento das dívidas está em 59,5 dias. Entre aqueles endividados, 83,2% afirmaram ter de 11% a 50% de sua renda mensal comprometida com o pagamento dessas dívidas. No entanto, o nível de comprometimento médio da renda com o pagamento das dívidas em São Luís é de 30,9% dos rendimentos das famílias.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>