Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Promotora de justiça profere palestra sobre uso de drogas

13 de março de 2019 : 08:59

A promotora de justiça Cristiane Maia Lago, titular da 11ª Promotoria de Justiça de Substituição Plena de São Luís e idealizadora da Campanha Quem Escolhe o Seu Caminho? Você ou as Drogas? proferiu palestra na tarde desta terça-feira, 12, para os alunos e professores da escola Divina Pastora, localizada no bairro do Anil.

Desta vez, a palestra aconteceu em uma escola particular e foi direcionada à cerca de 200 estudantes das séries 8ª e 9ª do Ensino Fundamental.

Entre os principais tópicos da ministração, ilustrados com fotos e vídeos, os malefícios e consequências do uso de substâncias entorpecentes. A promotora de justiça explicou com detalhes a diferença entre as drogas depressoras, estimulantes, alucinógenas e seus efeitos na vida dos usuários. Além do risco do uso de drogas lícitas, como o cigarro e o álcool.

A prevenção ao uso de drogas deve ser um esforço coletivo, em virtude de seus malefícios e consequências para toda a sociedade.As drogas podem comprometer o futuro de um adolescente. Por isso é tão importante trabalhar a prevenção e mostrar para estes jovens os riscos de consumir drogas”, enfatizou Cristiane Maia Lago.

Cristiane Lago também alertou os estudantes a evitarem o cigarro e o cuidado com o oferecimento de drogas disfarçadas de balas ou doces em festas pré-adolescentes.

A professora da disciplina de Ciências da escola, Gilda Nunes, ressaltou que esse é um momento muito propício para trabalhar o assunto com os alunos, em virtude principalmente da idade deles. “Prevenção sempre é importante. Eles estão numa idade de muita curiosidade. Então a ideia é despertar a sensibilidade dos nossos alunos quanto ao problema do uso de drogas, que é muito grave. Esperamos que tenha surtido um efeito positivo”, avaliou.

A estudante Bruna Eduarda, comentou que tinha um conhecimento muito raso sobre o assunto e que a palestra foi importante nesse contexto. “Esse tipo de informação é fundamental para a nossa formação, saber o que a droga pode fazer com o nosso corpo tantofisicamente quanto mentalmente”, apontou a estudante do 9º ano do Ensino Fundamental.

As atividades da campanha são desenvolvidas, desde 2013, em escolas públicas das redes municipal e estadual de ensino, em municípios do Maranhão. O objetivo é estimular o debate no ambiente escolar e prevenir o uso de substâncias entorpecentes por crianças e adolescentes.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>