Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Afonso Manoel e Helena Duailibe participam do lançamento da Campanha da Fraternidade

11 de março de 2019 : 07:32
A Campanha da Fraternidade 2019 foi lançada na capital na tarde deste sábado (9), em celebração católica conduzida pelo arcebispo de São Luís, Dom Belisário, no Multicenter Sebrae. A Campanha da Fraternidade realizada pela Igreja Católica traz como tema deste ano “Fraternidade e Políticas Públicas”, com lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça”, aludindo a um versículo bíblico do livro de Isaías. O movimento tem como objetivo despertar nas pessoas o senso de justiça social, de fraternidade e de amor ao próximo, contribuindo para ampliar a reflexão da sociedade acerca do tema. O vereador Afonso Manoel e a deputada estadual Helena Duailibe participaram do evento que contou com a presenças do governador Flávio Dino e do vice-governador, Carlos Brandão, do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, o presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho, entre outras autoridades.

Afonso Manoel destacou que a Campanha da Fraternidade é um importante movimento de congregação e luta em favor de questões que venham contribuir com a vida da sociedade e o bem-estar da população, principalmente dos menos favorecidos. Helena Duailibe lembrou da importância do debate proposta pela Igreja Católica, “defendemos um maior engajamento e participação da população na elaboração e execução das políticas públicas”.

CAMPANHA

A Campanha da Fraternidade é lançada tradicionalmente no início da Quaresma, sob a coordenação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Durante todo o ano, a Igreja Católica vai chamar a atenção dos cristãos para o tema das políticas públicas, ações e programas desenvolvidos pelo poder público para garantir e colocar em prática direitos que são previstos por lei.

Durante a celebração, o arcebispo de São Luís, Dom Belisário, destacou o tema atual da Campanha da Fraternidade com um dos mais relevantes para estimular a participação dos cristãos em políticas públicas, à luz da Palavra de Deus e da doutrina social da Igreja.

“É um momento de grande reflexão sobre o tema. Com esta abordagem visamos ao fortalecimento da cidadania e o bem comum da população, para que tenham garantidas as políticas públicas preconizadas nas leis brasileiras. O país já evoluiu bastante em algumas políticas sociais, como a redução da mortalidade infantil, por exemplo, mas é preciso estarmos sempre vigilantes, notadamente nas questões relativas à educação, que a base para a mudança de realidade”, disse o arcebispo Dom Belisário.

Durante a campanha, a Conferência quer que as pessoas participem mais da formulação, avaliação e controle social das políticas públicas em todos os níveis, como forma de melhorar a qualidade dos serviços prestados à população brasileira.

EVANGELIZAÇÃO

O texto-base da campanha deste ano descreve, entre outros tópicos, sobre o ciclo e etapas de uma política pública e faz a distinção entre as políticas de governo e as políticas de Estado, bem como apresenta os canais de participação social, como os conselhos e outros órgãos de controle social.

Todos os anos, a CNBB apresenta a Campanha da Fraternidade como caminho de conversão quaresmal. É uma atividade ampla de evangelização que pretende ajudar os cristãos a vivenciarem a fraternidade em compromissos concretos, provocando, ao mesmo tempo, a renovação da vida da Igreja e a transformação da sociedade, a partir de temas específicos.

A Campanha da Fraternidade tem como objetivo despertar a solidariedade dos seus fiéis e da sociedade em relação a um problema concreto que envolve a sociedade brasileira, buscando caminhos de solução. A cada ano é escolhido um tema, que define a realidade a ser transformada, e um lema, que explicita em que direção se busca a transformação.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>