Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Renan Calheiros anuncia a retirada de sua candidatura a presidência do Senado

2 de fevereiro de 2019 : 16:47

Renan Calheiros (MDB-AL), candidato a presidência do Senado Federal, decidiu retirar sua candidatura, após a declaração aberta da bancada do PSDB e de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), no candidato Davi Alculombre (DEM-AP). A decisão foi muito comemorada por boa parte dos senadores e agora seguem na disputa, Espiridião Amim (PP-SC), Reguffe (Sem partido-DF), Fernando Collor (PROS-AL) e Angelo Coronel (PSD-BA).

O senador emedebista contava no Maranhão com o voto de Weverton Rocha (PDT) e agora o pedetista fica em uma situação delicada.

Por conta da decisão de Renan Calheiros, os senadores pede, o reinicio da votação pela terceira vez na tarde deste sábado (2).

 

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>