Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

A reverência de Bolsonaro a José Sarney

2 de janeiro de 2019 : 12:54

Como rege a tradição, todos os ex-presidentes da República vivos foram convidados a participar da posse de Jair Bolsonaro, a exceção de Lula, que está preso em Curitiba, logo impedido de sair da carceragem da Polícia Federal. Compareceram Fernando Collor e José Sarney, e o maranhense foi muito reverenciado pelo novo presidente.

José Sarney já foi outras vezes reverenciado por Bolsonaro, que reconheceu o ex-presidente como um governante que lembrou e respeitou os militares.

A relação de Sarney com Bolsonaro, não deve ser a mesma que existiu com Temer, Dilma, Lula e até mesmo FHC, mas com certeza o ex-presidente maranhense poderá a ter portas abertas e até vir a ser consultado pelo novo presidente.

3 comentários em “A reverência de Bolsonaro a José Sarney”

  1. 6 meses atrás  

    Flávio Dino ontem teve um dia de frustração não bastasse a posse de Bolsonaro, Sarney ainda foi convidado para a cerimônia convite que ele com toda a educação que lhe é peculiar aceitou-o, coisa que o Dino intolerante jamais aceitaria porquê não sabe conviver com as pessoas que pensam e agem diferente dele, e para completar o dia maravilhoso o ex-juiz Sérgio Moro assinou seu termo de posse como ministro, enfim foi muita coisa para o intratável do Flávio Dino.

  2. Clenir Silva de Almeida

    6 meses atrás  

    Tenho certeza que teremos duas melhores com nosso presidente os brasileiros terão emprego e saúde e oportunidades

  3. LSCN

    6 meses atrás  

    Todos quer queriam ou não: José Sarney fez/faz história isso não há quem apague

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>