Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

A lua de mel que vive o governador Flávio Dino…

13 de janeiro de 2019 : 05:42

Flávio Dino retoma os trabalhos como governador em 2019, após oito dias de férias, vivendo quem sabe, um dos momentos de maior tranquilidade em seu governo. Recém-reeleito com quase 60% dos votos, poucos se arriscam a fazer oposição ao comunista, a classe política está praticamente inerte, a imprensa praticamente toda controlada pelo Palácio dos Leões joga ainda mais confete e a população se agarra na esperança de que o Maranhão tenha dias melhores.

É óbvio que o período do ano também ajuda Flávio Dino. Às vésperas do carnaval, praticamente todos os segmentos da sociedade estão mais preocupados em encontrar a diversão do que fazer alguns questionamentos e cobranças.

A falta de definição do novo governo estadual no que diz respeito a composição do secretariado, ajuda o comunista encontrar certa tranquilidade. Afinal, muitos derrotados e até os mesmo os vitoriosos aguardam seu quinhão para ocupar na próxima gestão. Portanto, nesse momento não seria muito inteligente brigar com o cara da caneta no Maranhão, o melhor é permanecer calado e/ou fazer afagos.

O clima de oba-oba que vive Flávio Dino, favorece a forma como ele continua tratando o presidente Jair Bolsonaro (PSL), parece que sempre o chamando para um debate nacional, através de provocações e ironias. Sem ligar muito para as consequências na relação institucional.

A lua de mel que vive Flávio Dino ainda é regada com a entrega de obras e anúncios de novas medidas. Exemplo disto é que na próxima terça-feira (15), o governador entregará a estrada que liga Barreirinhas a Paulino Neves, a vista por quem passa pela rodovia é digna de cartões postais e até de viagens típicas de quem acabou de assinar os papeis de um casamento. E o ato de posse, 1º de janeiro, foi mais uma renovação da união do comunista com os maranhenses por quatro anos.

O momento é maravilhoso para Flávio Dino, complacência da classe política, desinteresse da população e a imprensa inflando o ego do governador. Ainda que comece dia 1º de fevereiro, os trabalhos na Assembleia Legislativa, dificilmente o clima deve mudar, afinal a oposição resumida a Adriano Sarney (PV), César Pires (PV) e Wellington do Curso (PSDB), dificilmente conseguirá incomodar o comunista.

Mais um motivo para que Flávio Dino aproveite o momento tranquilo e favorável para empurrar novas medidas amargas para a população maranhense.

Flávio Dino vive muito bem o seu atual momento, mas assim como as viagens de lua de mel acabam, esse momento também deve passar, logo após o fim do carnaval. E vale lembrar que 10 dias depois do fim da folia de momo vai entrar em vigor os novos valores de impostos para combustíveis, cerveja, refrigerantes e outros produtos.

Enquanto esse dia não chega, o clima dentro do Palácio dos Leões seguirá o mesmo que seus muros estamparam durante as festas de fim de ano, tudo colorido, tudo da forma de como Flávio Dino gosta…

2 comentários em “A lua de mel que vive o governador Flávio Dino…”

  1. 2 meses atrás  

    -A Revista Britânica, The Economist, Publicou um texto está sema, sobre a acrise que assola a Venezuela de Maduro.Segundo a revista, o Comunismo prova mais uma vez que não funciona em Lugar nenhum, eles diz o seguinte…Que a catástrofe econômica da Venezuela, foi o eloquente Populismo de Hugo Chaves que achou que ajuda os pobres era aumentando os gastos do Estado, com empréstimos enormes e assim manter sua popularidade em alta. Alias isso já foi dito pelo Papa Francisco, cuidado com o populismo isolista. Se Olharmos direto, é a mesma pratica suicida de Flavio Dino. Está conduzindo o Maranhão para o calvário e povo não está percebendo, ainda bem que ele é só um Governador. Ele tem uma obsessão para ser Presidente da Republica o que felizmente vai ficar só no Sonho, com isso resolveu se opor ao Presidente da Republica, sendo um Governador de um dos Estados Mais pobre da Federação…Com isso, ele acha que vai Governar o Estado só com aumento Impostos para um povo pobre do Estado que já são refém de uma crise provocada pelo seu Aliado PT, e endividando o Estado com Empréstimos Seguidos que já está abeirando a casa de 1 Bilhão e meio Reais. As consequências de tudo disso , é uma intervenção Federal no Futuro.

  2. 2 meses atrás  

    Em suma, o Maranhão está controlado, a oposição em qualquer governo é salutar desde que feita com responsabilidade, e agora com Flávio Dino com forte tendência autoritária estamos sem uma oposição combativa, e aos poucos vai transformando o Maranhão num estado separado do resto do país, em alguns momentos, ele é mais descontrolado que o Ciro Gomes outro ser que deveria ser banido da vida pública. Só nos resta apelar por divino Deus que nos livre do poder comunista.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>