Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Deputados estaduais eleitos tiveram parecer para desaprovação das contas de campanha

5 de dezembro de 2018 : 08:45

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão iniciou na terça-feira (4), o julgamento das prestações de contas dos deputados estaduais eleitos. De acordo com uma pesquisa feita por este blog, pelo menos onze estão enrolados, após receber um parecer conclusivo pela desaprovação das contas do Ministério Público Eleitoral. A sugestão de reprovação faz com que os vitoriosos nas urnas não recebam a quitação eleitoral e podem até ficar impossibilitados de ser diplomados no próximo dia 18 de dezembro.

Entre os que estão enrolados com a Justiça Eleitoral estão os aliados do governador Flávio Dino: Cleide Coutinho (PDT), Professor Marco Aurélio (PCdoB), Vinicius Louro (PR) e Daniella Tema (DEM).

Entre os eleitos na oposição, nenhum teve suas contas rejeitadas, assim todos estão aptos para assumir os cargos para a próxima legislatura.

Ainda figura nessa lista, alguns deputados estaduais eleitos que podem ser considerados como independentes, caso do pai do prefeito de Caxias, Zé Gentil (PRB) e do filho do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Pará Figueiredo (PSL).

A situação que parece mais complicada é a do deputado Hélio Soares (PR), que já teve julgamento.

Outros 16 deputados estaduais eleitos tiveram suas contas aprovadas com ressalvas e outros 15 tiveram aprovação em suas prestações sem qualquer problema.

Com parecer do Ministério Público Eleitoral pela desaprovação das contas já estão Detinha, Cleide Coutinho, Zé Gentil, Professor Marco Aurélio, Glalbert Cutrim, Daniella Tema, Vinicius Louro, Antônio Pereira e Pará Figueiredo.

Neto Evangelista (DEM) e Ricardo Rios (PDT), que tiveram um parecer do TRE pela desaprovação das contas receberam uma manifestação do MPE pela aprovação e assim estão só aguardando o julgamento para receber a quitação eleitoral.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>