Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Disputa eleitoral de 2018 é uma prévia para eleição de prefeito de São Luís em 2020

28 de agosto de 2018 : 07:10

As principais lideranças políticas de São Luís que estão na disputa eleitoral de 2018, já estão pensando em 2020, apesar de parecer precipitado, os concorrentes a cargos proporcionais só pensam no Palácio de La Ravardiere. Porém para se credenciar para o próximo pleito, todos sabem que precisam de um bom desempenho agora. Pedro Lucas Fernandes (PTB), Eduardo Braide (PMN), Helena Duailibe (SD), Wellington do Curso (PSDB), Neto Evangelista (DEM), Duarte Júnior (PCdoB) e Honorato Fernandes (PT) são alguns dos nomes que vislumbram a Prefeitura daqui dois anos.

Além dos citados, ainda existem aqueles que não estão disputando diretamente a eleição, mas estão se movimentando de forma intensa na concessão de apoio, buscando mostrar força através de votos em suas regiões, caso este do presidente da Câmara de Vereadores, Astro de Ogum (PR), Marquinhos (DEM), o secretário Felipe Camarão (DEM) e outros.

Para a disputa do Palácio de La Ravardiere ainda existe a condicionante de quem será eleito governador do estado, caso seja Flávio Dino (PCdoB), os nomes mais próximos a ele são os favoritos, dentre eles destacam-se Felipe Camarão e Duarte Júnior. E para evitar que isso venha acontecer, um grupo 12 vereadores já está organizado em torno de Pedro Lucas, para que ele seja o candidato a prefeito, evitando que os parlamentares venham ter que aceitar um nome “goela abaixo”.

Em outro campo, Eduardo Braide e Wellington do Curso travam uma guerra silenciosa no grupo que envolve o PSDB. Hoje, o candidato a deputado federal tem mais vantagem, porém se o professor-empresário tiver um melhor desempenho, ele passa a ser o favorito dos tucanos e a seu favor já tem o fato de já estar filiado ao partido.

O PT depois da humilhação que passou nesta eleição, já percebeu que precisa liderar o processo eleitoral e os seus membros já pensam em um projeto próprio para 2020 e este ganharia muita força com a eleição de Honorato Fernandes para o cargo de deputado estadual, o petista é o que possui maior relevância na capital maranhense.

Helena Duailibe é outra que está cotada para a disputa municipal de 2020. Vice-prefeita de João Castelo entre 2009 e 2012, a candidata a deputada estadual é um dos nomes com maior capilaridade em São Luís. Na expectativa de uma expressiva votação nesta eleição, a ex-secretária de Saúde certamente estará credenciada para chegar ao Palácio de La Ravardiere.

O presidente da Câmara, Astro de Ogum, não pensa diferente e de forma intensa vem trabalhando para entrar corrida eleitoral do executivo e do mesmo modo Neto Evangelista já deixou claro que sua vitória o credencia para a disputa de prefeito de São Luís

As peças já estão no tabuleiro e para os citados, a eleição de 2018 é apenas um preparativo para 2020…

3 comentários em “Disputa eleitoral de 2018 é uma prévia para eleição de prefeito de São Luís em 2020”

  1. Ricardo

    3 anos atrás  

    To esperando o melhor p nossa cidade, espero que continuem o bom trabalho de Edivaldo

  2. felipe

    3 anos atrás  

    Muita calma, não vamos adiantar as coisas, 2020 tá longe ainda

  3. LAURA

    3 anos atrás  

    Não deixa de ser deste ano, assim como dos ateriores.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>