Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

PT pode ter candidato a governador, caso PCdoB não apoie Lula desde o 1º turno

5 de julho de 2018 : 12:41

O PT pode voltar a ter um candidato próprio ao Governo do Maranhão. Fato este, que não ocorre desde 2002, quando Monteiro concorreu. O presidente licenciado do Sindjus-MA, Aníbal Lins, divulgou uma carta que informa: “A partir de hoje, sou pré-Candidato a Governador do Maranhão pelo PT. […] (Se) o PCdoB decidir não apoiar a candidatura de Luis Inácio Lula da Silva para a Presidência do Brasil, desde o primeiro turno das eleições presidenciais”.

Aníbal Lins ainda completou: “Entendo que, se o PCdoB não apoiar, desde o primeiro turno, a candidatura do Presidente Lula à Presidência do Brasil, nas eleições do 07 de outubro deste ano, não teremos mais qualquer obrigação de reciprocidade no apoio ao candidato do PCdoB ao governo do Maranhão, Flavio Dino”.

LEIA NA ÍNTEGRA A CARTA ABERTA AOS MILITANTES DO PT/MA

O anúncio de Aníbal Lins deve trazer um maior tensionamento na relação já desgastada entre PT e PCdoB. Atualmente, Augusto Lobato (assessor especial do Governo), vem fazendo a defesa intransigente da aliança a qualquer custo.

Aníbal Lins é servidor do Tribunal de Justiça do Maranhão e presidente licenciado do Sindjus-MA. Disputou a eleição para vereador de São Luís em 2016.

Um comentário em “PT pode ter candidato a governador, caso PCdoB não apoie Lula desde o 1º turno”

  1. 2 semanas atrás  

    Como é isso? Segundo a Justiça Eleitoral, o Sr. Aníbal da Silva Lins não é filiado a nenhum partido político.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>