Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Fragilizado na disputa ao Senado e sem argumentos, Zé Reinaldo ataca jornalista

12 de julho de 2018 : 18:05

O pré-candidato ao Senado, Zé Reinaldo (PSDB), foi e será lembrado por um bom tempo como um dos personagens principais da política maranhense. Não se pode negar, a sua abnegação em 2006 e 2014 por conta de um grupo político. Porém, muito menos deve-se esquecer das suas traições e manobras atrapalhadas. Agora em 2018, Zé Reinaldo pode encerrar sua carreira política agindo como espécie de kamikaze e sem argumentos para salvar a sua pré-candidatura, prefere atacar este jornalista e a liberdade de opinião.

Em sua página pessoal do Instagram, o deputado federal ataca este jornalista afirmando que o texto “Zé Reinaldo pode sacrificar candidatura em prol de projeto de Eduardo Braide”, é uma farsa. Segundo definição, farsa é uma narração burlesca, algo risível, porém pior do que isso é a postura do ex-governador que tem como intuito desacreditar o jornalista que vos escreve. Sem argumentos para provar o contrário, o ex-governador prefere atacar a liberdade de opinião.

Apesar de achar risível, a análise feita por este jornalista, Zé Reinaldo é que se encontra no momento em uma situação vexatória. Filiado ao PSDB, insiste em defender uma pré-candidatura de outro partido. Além de não apoiar o projeto intrapartidário, o próprio escolheu o caminho do isolamento, hoje faz reuniões acompanhado da esposa e mais dois assessores. Mostrando qualquer falta de poder de aglutinação.

Completamente distante do projeto do PSDB, Zé Reinaldo Tavares viverá uma das maiores humilhações de sua carreira política ao continuar apoiando o projeto de Eduardo Braide (PMN) e ainda assim decidir por encarar na convenção, uma disputa interna para receber a indicação de postulante ao cargo de senador. Os tucanos maranhenses em sua maioria não querem o ex-governador como candidato ao Senado.

Porém, trair Roberto Rocha não é de se estranhar por parte de quem traiu José Sarney, o responsável por colocá-lo na vida pública. Sem esquecer, que o próprio ainda levou João Castelo (PSDB) e Eliziane Gama (PPS), a fracassos eleitorais na disputa pela Prefeitura de São Luís de 2012 e 2016.

Respeito a história de Zé Reinaldo Tavares e até a coragem por apostar em um projeto alternativo como Eduardo Braide, mas talvez o ex-governador abatido pela senilidade, preferiu adotar uma postura “kamikaze” de quem não tem mais nada a perder com o avançar da idade. Ataca este jornalista e tenta ferir de morte, a credibilidade e a liberdade de expressão constitucional garantida ao exercício da profissão.

Trágico será o fim de alguém que lutou tanto pelo Maranhão, mas se nem um discurso consegue mais proferir (durante a passagem de Geraldo Alckmin fez a leitura monótoma de duas folhas em pleno Centro de Convenções, durante sua fala), imagina ter a capacidade para distinguir o que risível do que os fatos apontam para a realidade.

Vale registrar, que toda analise feita por este jornalista foi construída por relatos de fontes. O próprio Zé Reinaldo já foi procurado inúmeras vezes para se manifestar, porém, ligações, mensagens de wahstapp e outros meios, nunca foram respondidos. Inclusive nesta quinta-feira (12), foi solicitado que sua assessoria de imprensa enviasse uma manifestação do próprio sobre o texto publicado, porém nada foi enviado e preferiram atacar, afinal não possuem argumentos para contra-argumentar a publicação.

3 comentários em “Fragilizado na disputa ao Senado e sem argumentos, Zé Reinaldo ataca jornalista”

  1. vagner

    4 meses atrás  

    Ano politico a gente ver cada noticia..

  2. Joao

    4 meses atrás  

    To no aguardo do desenrolar dessas eleiçoes

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>